Das 20 melhores rodovias do país, 18 estão no Estado de São Paulo

Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou a qualidade das rodovias do país. 13 primeiras ficam no Estado de São Paulo.

Rodovia dos Bandeiras foi considerada melhor rodovia do país. (Foto: Alexandre Moreira/Fotos Públicas)

A pesquisa da CNT, apresentada nesta quarta (17),  aponta que, pelo 15º ano consecutivo, as melhores rodovias do país são paulistas.

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) foi considerada a melhor rodovia do país pelo sétimo ano consecutivo. Em segundo lugar, aparecem as Rodovias D. Pedro I e a SP-340 que formam a ligação Campinas – Jacareí, seguidas da SP-225, que liga o município de Bauru à Itirapina.

A pesquisa, divulgada em Brasília, apresenta um ranking no qual 18 das 20 melhores rodovias do país são concessões estaduais paulistas fiscalizadas pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

Outro dado apurado pelos técnicos da CNT que foram a campo e avaliaram 107,1 mil quilômetros de rodovias demonstra que a malha rodoviária que passa por São Paulo é a melhor do Brasil, com 78% de sua extensão classificada como ótima ou boa. Considerando todo o país, 57% dos trechos avaliados apresentaram estado geral com classificação regular, ruim ou péssima.

Top 20 das Rodovias Nacionais

1° – Ligação São Paulo – Limeira; SP-310 / SP-348 Rod. dos Bandeirantes – Classificado como ótimo.

2º – Ligação Campinas – Jacareí; SP 065 – Rod. D. Pedro I e SP 340 Rod. Gov. Adhemar Pereira de Barros – Classificado como ótimo.

3º Ligação Bauru – Itirapina; SP 225 – Rod. Comte. João Ribeiro de Barros e Rod. Eng. Paulo Nilo Romano – Classificado como ótimo.

4º Ligação São Paulo – Uberaba – SP 330 – Rod. Anhanguera – Classificado como ótimo.

5º Ligação Barretos – Bueno de Andrade – SP 326 – Rod. Brig. Faria Lima – Classificado como ótimo.

6º Ligação São Paulo – Taubaté – SP 070 – Sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto; Classificado como ótimo.

7º Ligação Limeira – Limeira – São José do Rio Preto – SP-310/ SP-330 – Rod. Washington Luís e Rod. Rod. Anhanguera; Classificado como ótimo.

8º Ligação Araraquara – São Carlos – Franca – Itirapuã – SP-255/SP-318/SP-334/SP-345 – Rod. Antônio Machado Sant´Ana, Rod. Eng. Thales de Lorena Peixoto Jr., Rod. Anhanguera, Rod. Cândido Portinari e Rod. Eng. Ronan Rocha; Classificado como ótimo.

9º Ligação Tietê – Jundiaí – SP-300 – Rod. Marechal Rondon e Rod. D. Gabriel Paulino Bueno Couto; Classificado como ótimo.

10° Ligação São Paulo – Itaí – Espirito Santo do Turvo – SP-280/SP-255 Rod. Castello Branco e Rodo. João Melão; Classificado como ótimo.

11° Ligação Ribeirão Preto – Borborema – SP-330/SP-333 – Rod. Carlos Tonani e Rod. Laurentino Mascari; Classificado como ótimo.

12º Ligação Sorocaba – Cascata – Mococa – SP-075/SP-340/SP-342/SP-344 Rod. José Ermínio de Moraes, Rod. Santos Dumont, Rod. Gov. Adhemar Pereira de Barros (entre outros trechos que recebem outras denominações); Classificado como ótimo.

13º Ligação Rio Claro – Itapetininga – SP-127 Rod. Antônio Romano Schincariol, Rod. Fausto Santomauro e Rod. Cornélio Pires; Classificado como ótimo.

14º Ligação Belo Horizonte – São Paulo – BR 381; Rodovia federal; Classificado como ótimo.

15° Ligação Engenheiro Miller (Avaré/SP) – Jupiá (Castilho/SP) – SP-209/SP-300 Rod. Marechal Rondon, Rod. Prof. João Hipólito Martins; Classificado como ótimo.

16° Ligação São Carlos – S. J. da Boa Vista – S. J. do Rio Preto – SP-215/SP-350 Rod. Vicente Botta e Rod. Dep. Eduardo Vicente Nasser; Classificado como ótimo.

17º Ligação Campo Coxo – Eleutério – SP-191/SP-352 Rod. Wilson Finardi e Rod. Comendador Virgolino de Oliveira; Classificado como bom.

18° Ligação Catanduva – Taquaritinga – Ribeirão Preto – SP 322/SP 323/ SP 330/ SP 351; Rodovias Armando Salles de Oliveira, José Della Vechio, Orlando Chesini Ometto; Comendador Pedro Monteleone e Anhanguera; Classificado como bom.

19° Ligação Rio de Janeiro (RJ) – São Paulo – BR 116; Rodovia federal; Classificado como bom.

20° Ligação Cotia – São Paulo – Itararé – SP 127, SP 258 e SP 270 – Rodovias Prof. Francisco da Silva Pontes, Francisco Alves Negrão e Raposo Tavares; Classificado como bom.