Em acordo divulgado ontem (19), entre a prefeitura de São Bernardo do Campo e a General Motors (GM), a empresa americana se comprometeu a dar preferência para a contratação dos funcionários demitidos da Ford. O encontro aconteceu na sede da GM em São Caetano do Sul, cidade que também faz parte do ABC Paulista, região com diversas outras companhias do setor automobilístico.

Vale lembrar que a alguns meses atrás, mais especificamente em maio, o presidente da Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, condicionou a compra da fábrica da Ford à aprovação da Reforma da Previdência, que atualmente está em processo de votação no Senado, já sido aprovada, nos dois turno, pela Câmara dos Deputados.

Com informações do UOL Carros.