Appa orienta caminhoneiros para correta limpeza das carrocerias

Segundo a Appa, em 2015 foram coletadas 3.307 toneladas de resíduos de varrição.

940x529_Sansuy Vinilona (6)ok

No mês de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, e a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) está reforçando as orientações e campanhas de educação ambiental voltadas aos caminhoneiros que transitam na área portuária. O objetivo é evitar a poluição de ruas e avenidas da cidade com resíduos de carga, especialmente no período de chuvas que gera um acúmulo maior.

Outra orientação repassada pelas equipes de técnicos da Appa é para que os caminhões que descarregam fertilizantes ou outros graneis passem por uma higienização para evitar que os resíduos caiam em áreas públicas. O diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, explica que os portos do Paraná têm campanhas permanentes voltadas aos motoristas de caminhões sobre educação no trânsito e respeito ao meio ambiente.

“Orientamos terminais e transportadoras para que os caminhões que descarregam grãos e carregam fertilizante em Paranaguá corrijam vazamentos que facilitem o derramamento de produtos nas ruas e façam a limpeza de forma correta”, explica Dividino.

O Porto de Paranaguá recebe em média 800 veículos todos os dias. Em contrapartida, pelo Pátio de Triagem de Caminhões passam cerca de 2,5 mil caminhões diariamente.

Veja também: Movimentação do setor portuário tem alta de quase 3% no 1º trimestre

Resíduos

Desde 2013, o porto conta com um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, que inclui a distribuição de caçambas para a separação correta dos resíduos e a varrição diária das vias de acesso, ruas e avenidas no entorno da área portuária, no cais do Porto e nos terminais portuários.

As varrições das vias para coleta de material que cai dos caminhões acontecem 24 horas por dia. Em média, são varridas 361 toneladas de resíduos orgânicos por mês. Em 2015, foram coletadas 3.307 toneladas de resíduos de varrição.

Além da varrição e destinação correta dos resíduos orgânicos, o Porto de Paranaguá possui 60 pontos de coleta seletiva para materiais recicláveis. Ao todo, foram instaladas mais de 100 caçambas. Estes pontos são monitorados por setor, desde o cais, avenida portuária, pátio de triagem até os prédios administrativos. Com menos resíduos orgânicos espalhados pelas ruas, a população de pombos também caiu drasticamente.