Autopista Fernão Dias compra 80 tablets i-MXT para dinamizar trabalho na rodovia

A Concessionária Autopista Fernão Dias quer tualizar seus serviços e se manter ao máximo conectada com tudo o que está acontecendo nas estradas.  Para isso, a empresa adquiriu 80 equipamentos i-MXT com intuito de modernizar suas operações.

O i-MXT é um computador portátil, já está sendo utilizado pela Polícia Militar de São Paulo, voltado para utilização em trabalhos em campo, sobretudo no setor industrial.

De acordo com o coordenador de Tráfego da Autopista Fernão Dias, Manoel Romero, o aparelho vai permitir que a central de operações tenha informações em tempo real, fazendo com que toda tomada de decisão seja respaldada por registros georeferenciados. “Isso reduz deslocamentos desnecessários e custos adicionais”, afirma. A concessionária pretende adquirir outros 1,3 mil equipamentos no médio prazo.

O equipamento permite saber qual viatura está mais próxima da ocorrência ou evento. Romero explica que, após receber as informações, é gerada uma rota para que os controladores direcionem a equipe, agilizando o atendimento. “Poderemos localizar as viaturas, registrar as ocorrências e ter detalhes do que está acontecendo com mais facilidade e rapidez”, diz.  O objetivo é agilizar a prestação de serviços.

O diretor executivo da MXT Holding, Etiene Guerra, ressalta que os equipamentos vão auxiliar no fornecimento de informações sobre qualquer ocorrência na rodovia, como acidentes, por exemplo. O tablet também poderá ser usado para averiguar se as viaturas colocadas ao longo da Fernão Dias estão cumprindo esse serviço.

A Autopista Fernão Dias é uma das nove concessionárias da OHL Brasil, responsável pelos 562,1 km da rodovia Fernão Dias (BR-381), que liga as cidades de São Paulo (SP) a Belo Horizonte (MG).

Foto: Divulgação/ Autopista Fernão Dias