Brasil segue com pontos de paralisação nas estradas

Confira a situação das rodovias em tempo real com as informações da reportagem do Brasil Caminhoneiro. Existem bloqueios em Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo

Com atualização às 10h08 desta quinta-feira, 09 de setembro de 2021, a situação nas estradas brasileiras segue com pontos de paralisação por manifestantes caminhoneiros em quatro Estados: MG, SC, RJ e ES. A PRF e as polícias estaduais rodoviárias têm trabalhado para liberar as vias, mas ainda existem muitos bloqueios. Confira as atualizações, com informações da Opentech, das autoridades e dos caminhoneiros:

SANTA CATARINA

Existem pontos interditados nas seguintes rodovias e trechos:

BR-101:

Bloqueio parcial na cidade de Araquari, no km 72

• Bloqueio parcial na cidade de Jaguaruna, no km 353

• Bloqueio parcial na cidade de Içara, km 375

• Bloqueio parcial na cidade de Maracajá, km 402

• Bloqueio parcial na cidade de Araranguá, km 419

• Bloqueio parcial na cidade de São João do Sul, km 451

BR-280:

Bloqueios parciais em São Francisco do Sul, nos km 1,4 e 11

• Bloqueio parcial em Guaramirim, no km 55

• Bloqueio parcial em São Bento do Sul, no km 121

• Bloqueio parcial em Canoinhas, no km 230

BR-116:

Bloqueio parcial em Mafra, no km 7

• Bloqueio parcial em Santa Cecília, no km 138

BR-470:

Bloqueio parcial em Navegantes, no km 4

• Bloqueio parcial em Gaspar, no km 45

• Bloqueio parcial em Ascurra, no km 89

BR-282:

Bloqueio parcial em Maravilha, no km 606

• Bloqueio parcial em São Miguel do Oeste, no km 646

SC-407:

Bloqueio parcial em Antônio Carlos (não foi divulgado o km)

MINAS GERAIS

Ponto de bloqueio:

• BR 381 – Fernão Dias, Igarapé

RIO DE JANEIRO

Ponto de bloqueio:

• BR 101 – KM 75, Campos sentido RJ

ESPÍRITO SANTO

Pontos de bloqueio:

• BR 101 (Tráfego de caminhões impedido)

• BR 262 (Tráfego de caminhões impedido)

O presidente Jair Bolsonaro convocou uma reunião com os caminhoneiros nesta manhã para pedir a liberação de todas as vias e o fim das manifestações nas estradas, mas a conversa ainda não aconteceu.

Seguimos acompanhando a situação das rodovias em tempo real.

Leo Doca – especial para o Brasil Caminhoneiro