Caminhoneiro carrega motociclista por 32 quilômetros na BR-101

Um motorista ficou pendurado na cabine de um caminhão por 32 quilômetros após um acidente na BR-101, em Penha, litoral Catarinense na tarde de sábado, 6. O casal voltava de um passeio de moto por Campo Alegre, no Planalto Norte.

Com a batida a moto ficou presa na parte da frente do caminhão, o helicóptero foi acionado, mas Sandra Aparecida Pereira, 47 anos, que estava na UTI em estado grave, morreu na noite deste domingo, 7.

Segundo a Policia Rodoviária Federal  (PRF), o caminhoneiro fugiu logo após atingir a moto, sem parar para socorrer as vítimas do acidente.

De acordo com a polícia, o teste de bafômetro deu negativo para o consumo de álcool, mas o homem apresentava sinais de drogas  e foi apreendida cocaína dentro do veículo.

O motorista do caminhão foi detido em flagrante, indiciado por tentativa de homicídio, autuado por conduzir veículo com incapacidade psicomotora em decorrência do uso de drogas, fuga do acidente e posse de drogas.

O motociclista sofreu ferimentos leves.

Mais detalhes na ND+ TV afiliada da TV Record em Itajaí

https://ndmais.com.br/seguranca/policia/motorista-de-caminhao-atropela-casal-em-moto-e-nao-presta-socorro/