Caminhoneiros e Governo entregarão estudo de tabela de frete no dia 26

Caminhoneiros, empresários do setor e o Governo Federal se reuniram nesta terça-feira (10) na sede da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), em Brasília (DF), para discutir melhorias ligadas ao transporte rodoviário de cargas, pauta das manifestações de motoristas no mês de fevereiro. Entre os principais pontos está a criação de um grupo de trabalho e estudo que entregará no próximo dia 26 de março relatórios preliminares de estudos sobre a criação de uma tabela referencial de frete.

A reunião foi um dos compromissos do acordo firmado no último dia 25 no encerramento da paralisação. O encontro resultou na criação de três grupos de trabalho para estudo das propostas da categoria. O primeiro grupo ficará responsável pela Tabela Referencial de Frete, o segundo trabalhará na Regulamentação da Nova Lei dos Caminhoneiros e o terceiro discutirá assuntos relacionados a ANTT, como isenção de tarifas do cartão frete, Pagamento Eletrônico de Frete (PEF) e pontos de parada.

O ministro Antonio Carlos Rodrigues, dos Transportes, destacou: “Cumprimos todos os compromissos que tivemos com os caminhoneiros”. Ele afirmou ainda que o governo federal usará o tempo disponível para a regulamentação da recém promulgada Lei dos Caminhoneiros, mas afirmou que isso pode ser finalizado antes de 17 de abril, data limite para a regulamentar a lei.