Capital colombiana compra mais de 120 chassis biarticulados da Volvo

A tendência de usar ônibus biarticulados para uso em corredores urbanos não é brasileira. Bogotá, capital da Colômbia, fechou recentemente com a Volvo Bus Latin America a compra de mais 120 chassis biarticulados para o Transmilenio, como é chamado o sistema BRT (Bus Rapid Transit) da cidade. A metrópole, inclusive, possui uma das melhores infraestruturas de BRTs do mundo. Os veículos foram adquiridos pelo operador Consorcio Express S.A.S., que no ano passado já tinha comprado outros 67 chassis articulados e convencionais da Volvo. O valor do negócio foi de U$ 25,5 milhões.

“Esta venda reforça a liderança absoluta da Volvo em ônibus para BRT não só na Colômbia, mas em toda América Latina, e demonstra a imbatível qualidade e adequação dos nossos veículos ao sistema”, destaca o Luís Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America. Com esta venda, a Volvo alcança 75% de participação no Transmilenio.

Dos novos veículos, 60 serão entregues até o final deste ano e o restante no início de 2013. Os chassis são do modelo B340M biarticulado com piso alto, capacidade para mais de 250 passageiros e vão circular pelos eixos troncais da terceira fase de expansão do Transmilenio. Os eixos troncais são canaletas exclusivas para linhas expressas de ônibus de grande capacidade de transporte (articulados e biarticulados).

A incorporação dos ônibus ao sistema vai aumentar o número de linhas disponíveis e a capacidade de transporte do Transmilenio. “Os novos ônibus vão melhorar a qualidade do transporte e, consequentemente, a qualidade de vida da população de Bogotá”, afirma Pimenta.

O sistema Transmilenio tem mais de 100 estações de ônibus e transporta diariamente 1,6 milhão de passageiros em 266 bairros. “A aquisição de chassis de grande capacidade de transporte reforça o Transmilenio como referência em BRT. O uso de veículos de grande capacidade de transporte representa excelente opção para ampliar e otimizar o transporte coletivo, pois diminui o tempo de deslocamento e aumenta o número de passageiros transportados”, diz Alexandre Selski, gerente comercial do Volvo Group Colombia.

(LT)

Foto: Divulgação/ Volvo