Chuva causa desgaste excessivo do asfalto no Corredor Dom Pedro

A Rota das Bandeiras, concessionária responsável pela administração das rodovias que compõem o Corredor Dom Pedro, dobrou o número de equipes que realizam a manutenção das vias, durante o mês de janeiro, por conta das fortes chuvas que assolam a região desde o início do ano.

Anterior a esta medida, a empresa trabalhava com quatro grupos de quatro integrantes, atualmente são oito grupos de quatro integrantes  trabalhando para manter as boas condições de tráfego aos motoristas que utilizam o sistema.

O engenheiro responsável pelos trabalhos, William Henrique, explica que, neste período, o asfalto das rodovias sofre um desgaste excessivo por conta das condições climáticas adversas, podendo surgir buracos ou ondulações nas pistas.

A Concessionária já tem mapeados os pontos mais críticos do Corredor Dom Pedro, onde é maior a incidência de surgimento de novos buracos. “Além disso, as rodovias contam com serviço de inspeção 24 por dias e o 0800, meio pelo qual muitos usuários nos avisam da existência de possíveis imperfeições nas vias”, diz ele.

Foto: Divulgação/Rota das Bandeiras