Chuvas: ponte interditada na BR-472 causa fila de caminhões

Na região sul, 168 cidades registraram estragos por causa das chuvas

A ponte da BR-472, na divisa entre Uruguaiana e Itaqui, continua interditada, e já tem fila de caminhões esperando para atravessar (Reprodução/YouTube)
Na RS-122, entre Caxias do Sul e Flores da Cunha, uma árvore caiu sobre um ônibus (Foto: Idênio Subtil)

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, 6300 pessoas tiveram que deixar suas casas por causa da chuva. A situação é mais grave na fronteira com a Argentina. A cheia do rio Uruguai provoca alagamentos em várias cidades. A ponte da BR-472, na divisa entre Uruguaiana e Itaqui, continua interditada, e já tem fila de caminhões esperando para atravessar.

Veja também: Chuvas prejudicam circulação por estradas do país

Paraná

No Paraná, as chuvas atingiram 21 municípios, segundo a Defesa Civil. 2500 pessoas foram afetadas. Em Curitiba, só na última terça-feira (06), choveu mais do que o esperado para todo o mês.

Santa Catarina

Em santa catarina, os estragos e prejuízos afetaram pelo menos 27,6 mil pessoas, segundo balanço da Defesa Civil do estado. Segundo o Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometrologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri/Ciram), a previsão é de chuva constante e volumosa até sexta-feira (9).

Confira quais as rodovias interditadas na região Sul (Foto: Idênio Subtil)

-Em Bento Gonçalves, na BR-470, km 197, interdição total em virtude de queda de barreira, e km 202 parcial;
-Em Nova Petrópolis, na BR-116, km 182, totalmente bloqueada;
-Em Caxias do Sul, na BR-116, km 132, na localidade de Pedras Brancas (bloqueio total), km 134, em Pedras Brancas (meia pista)
-Em Marcelino Ramos, na BR-153, km 2, interdição parcial;
-RS-235, km 37, entre Canela e Gramado, totalmente bloqueada por poste caído;
-RS-235, km 30, entre Nova Petrópolis e Gramado, bloqueio parcial.

Com informações da Agência Brasil, G1 e Rádio Uirapuru