Com foco no crescimento do varejo, Iveco lança Vertis HD nas versões 9 e 13 toneladas

Durabilidade, desempenho, economia de combustível e baixos custos de manutenção são alguns dos principais atributos que a Iveco oferece ao varejo brasileiro com o novo Vertis HD, caminhão médio que a montadora apresentou nesta quinta-feira, dia 24, ao mercado, em São Paulo. O Vertis HD chega em duas versões: 9 toneladas e 13 toneladas – cabine estendida, tendo como destaque o baixo custo operacional.

Produzido e desenvolvido na cidade mineira de Sete Lagoas, o novo Vertis HD é um veículo de grande importância para a estratégia comercial da montadora. Para se tornar ainda mais competitivo no mercado, em suas duas versões, o novo Vertis HD carrega uma série de diferencias técnicos e componentes que garantem versatilidade e facilidade de implementação.

Com ele, a montadora prevê ampliar para 7% seu market share no segmento de caminhões de 8 a 15 toneladas de PBT. Trata-se de um mercado que tem crescido de forma exponencial nos últimos anos, devendo atingir a marca de 45 mil unidades comercializadas apenas em 2013.

“Com o lançamento do Vertis HD, a Iveco completa a linha Ecoline, que agregou à nossa frota uma série de modificações técnicas para levar aos nossos clientes mais desempenho, economia de combustível, robustez, sempre a custos de manutenção cada vez mais reduzidos”, afirma Marco Mazzu, presidente da Iveco na América Latina. Nascida do processo de adaptação dos veículos à normativa Proconve P7, a geração Ecoline já conta com os veículos Daily, Tector, Trakker e Stralis. O novo Iveco Vertis HD já pode ser encontrado nas 109 concessionárias Iveco no Brasil.

O setor do varejo brasileiro tem crescido como poucos ao longo dos últimos anos. Para 2013, a expectativa é, mais uma vez, positiva. Analistas do setor acreditam que esse segmento da economia nacional terá crescimento de aproximadamente 7% neste ano. O bom prognóstico é resultado direto do aumento do poder de compra dos brasileiros, assim como de incentivos específicos ao setor, como desoneração de folha de pagamento e alíquotas diferenciadas para a tributação de determinados produtos.

A facilidade para adquirir mercadorias gera, por outro lado, uma grande demanda por veículos capazes de assegurar ao comerciante que seus produtos serão entregues. O fato é constatado pelo crescimento de vendas de caminhões de 8 a 15 toneladas de PBT nos últimos anos. Hoje eles já representam mais de 20% do total da frota acima de 2,8 toneladas. A maior parte desses veículos circula em cidades de médio e grande porte, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte.

Para desenvolver um caminhão perfeito para atender as demandas desse setor, a Iveco ouviu clientes e empresas de várias localidades, constatando que a decisão de compra desses veículos está diretamente relacionada a atributos racionais e financeiros. Entre eles, destacam-se a economia de combustível, a durabilidade de componentes e baixos custos de serviços e manutenção.

“O dia a dia do varejista é feito de seguidas entregas de mercadorias. Por isso, ele precisa de um caminhão confiável e durável, que possa rodar continuamente, consuma pouco combustível e tenha manutenção a custo reduzido. Além disso, o veículo deve ter facilidade de implementação, para que possa atender à infinidade de negócios contida no mercado de varejo”, explica Alcides Cavalcanti, diretor Comercial da Iveco.

Ciente do que os clientes esperam de um caminhão médio, a Iveco começou a conceber o Vertis HD no Centro de Desenvolvimento do Produto, em Sete Lagoas. Da concepção à fabricação, foram necessários dois anos, que compreenderam 100 mil horas de trabalho no desenvolvimento da estrutura e de uma série de novos componentes que transformam o Vertis HD na melhor opção de compra do segmento.

Os ganhos foram comprovados por avaliações rigorosas da equipe de engenharia Iveco, que, entre mais de 140 testes do produto, percorreu 1 milhão de quilômetros com o Vertis HD, incluindo 400 mil km em estradas e vias urbanas. O novo veículo também circulou por outros 100 mil km em percursos com asfalto comprometido, além de percorrer circuitos específicos para atestar a vida útil dos componentes, resistência estrutural, suspensão e vários itens da cabine.

O chassi do Vertis HD já revela sua estrutura reforçada e diferenciada, diretamente inspirada no Iveco Tector. Além de forte, ele demonstra a versatilidade do novo veículo, com bitolas conforme padrão de mercado, possibilitando qualquer tipo de implemento. O basculamento também foi facilitado por um novo sistema, que também torna mais simples o travamento da cabine.

A economia de combustível é assegurada pelos propulsores NEF 4, da FPT Industrial. Na adaptação para a tecnologia Euro V, os motores ganharam redução de até 5,5% no consumo de combustível em relação à versão Euro III. Em 100 mil km de testes comparativos, feitos em estradas e trechos urbanos, o novo Vertis HD conseguiu economia de até 11% em relação a concorrentes diretos.

Além da redução de consumo, os propulsores também tiveram incremento de potência. O motor do Vertis HD 9 toneladas está 10% mais potente e com 7,6% de torque a mais que a motorização anterior. Na versão 13 toneladas – cabine estendida, o ganho foi de 3,4% no torque. Em números, são 177cv (maior potência da categoria) e 570Nm @ 1.250 rpm para a versão 9 toneladas. No caso da 13 toneladas – cabine estendida, o motor tem potência máxima de 182 cv, compatível com os principais competidores do mercado, e torque máximo de 610 Nm @ 1.300 giros.

Em ambos os veículos, a alta disponibilidade de torque em baixas rotações gera maior prazer em dirigir, evitando constantes trocas de marcha e contribuindo também para o consumo reduzido de combustível.

Para fazer do Vertis HD um dos caminhões mais silenciosos e confortáveis do segmento na maior faixa de utilização do veículo, a Iveco desenvolveu um novo sistema de suspensão da cabine, com quatro pontos de fixação e novas molas e amortecedores. A suspensão primária também recebeu novas molas, amortecedores e suportes, além de uma nova barra estabilizadora.

A sinergia com a Fiat Automóveis proporcionou ganhos extras no conforto acústico do veículo. A Iveco contou com o trabalho da mesma equipe que fez do Fiat Grand Siena uma referência em baixos índices de ruído interno, com resultados igualmente significativos. “Fizemos um trabalho criterioso, de modo que conseguimos posicionar o Vertis HD em um novo patamar nesse quesito”, afirma Ugo Delfino, diretor de Engenharia do Produto da Iveco. Também para aumentar conforto e dirigibilidade, foi introduzido um novo sistema de direção, coxim de amortecimento e ajustador de tensão.

Destaque da versão 13 toneladas, a cabine estendida comporta 862 litros, capazes de armazenar utensílios de uso pessoal do condutor e aumentar a sensação de espaço na cabine. “Sabemos que os motoristas deste mercado transitam continuamente durante o dia. A cabine, além de ser um grande diferencial competitivo nesse segmento, reflete nosso zelo pelo bem estar desses profissionais”, declara Alexandre Serretti, diretor da Plataforma de Veículos Leves e Médios da Iveco.

Além de todos os componentes mecânicos e demais diferenciais estruturais, as duas versões do Vertis HD contam com um grande número de itens de série, que ressaltam ainda mais a excelentes relação custo benefício do novo caminhão da Iveco. A lista inclui faróis de neblina, volante com regulagem longitudinal e de altura, vidros elétricos, banco do passageiro duplo com dois apoios de cabeça, para-sol externo translúcido, escotilha de teto com regulagem, regulagem de altura dos farois, cabine estendida (13 toneladas), ar-condicionado (13 toneladas), predisposição para rádio (antena e alto-falantes), assoalho da cabine revestido com material sintético, além de vários porta-objetos.

Como opcionais, os veículos contam com rádio com CD Player MP3, segundo tanque de combustível, preparação para tomada de força e ar-condicionado para a versão 9 toneladas.

Em relação aos principais concorrentes da categoria, o preço do novo Vertis HD também se mostra muito atraente. A versão 9 toneladas chega às concessionárias com preço público sugerido inicial de R$ 115 mil. Para a versão 13 toneladas, os valores começam de R$ 135. “Além do preço competitivo e vários itens de série, o novo Iveco Vertis HD vem com dois anos de garantia, sendo 1 ano total e mais 1 ano para o trem de força (motor, caixa de câmbio e diferencial). É algo que reforça a confiabilidade do nosso produto”, diz Alcides Cavalcanti.

Como promoção de lançamento, a Iveco oferecerá gratuitamente aos clientes que adquirirem o novo Vertis HD todas as trocas de filtros e óleos do motor pelo período de 1 ano ou 90.000 Km, com mão de obra inclusa. Essa promoção será válida para todas as compras realizadas até 31 de março de 2013.

Neste mais novo lançamento da Nova Geração Ecoline, está presente também a garantia da excelência do pós-venda “Em qualquer lugar, na hora que você precisar”, um compromisso da disponibilidade dos serviços Iveco para cada um dos seus clientes. Entre os programas prestados, destacam-se Top Driver Iveco, a entrega técnica Iveco, o Tele Serviço Iveco e o Iveco Assistance Non-Stop.

(LT)

Foto: Divulgação