Comissão debate nesta 5ª fiscalização de resoluções do Contran pela PRF

Instalação de para-choque, faixas refletivas, simetria dos pneus de cada eixo. Essas e muitas outras resoluções do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) possuem múltiplas interpretações, que deixam aberta a janela para que condutores não saibam como regularizar os veículos com que trabalham e, por consequência, acabem sendo multados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) nas estradas do Brasil.

Com objetivo de esclarecer estas resoluções, a comissão externa relativa à paralisação nacional dos caminhoneiros realizará audiência pública nesta quinta-feira (24). Ainda não há local definido para o encontro.

Leia também:
Amarração de carga ganha regulamentação do Contran
Saiba como e onde fazer o curso TAC, necessário para inscrição e manutenção no RNTRC

Foram convidados para a audiência o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Contran, Alberto Angerami, a diretora-geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza, o presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Diumar Bueno, e o representante do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas, Janir Bottega.