DNIT instala 19% dos radares previstos em rodovias federais

Cerca de 20% dos 1.854 equipamentos de controle de velocidade previstos para todo o Brasil no Plano Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade (PNCV) foram instalados em 2011. Segundo dados do portal Siga Brasil, que reúne informações sobre o orçamento público federal, os gastos com radares despencaram nos últimos quatro anos. Em 2011 foram investidos R$ 47,1 milhões ante os R$ 100 milhões previstos. Em 2008 o valor total foi de R$ 80,3 milhões (41,2% a mais do que no ano passado).

Como o objetivo do PNCV é reduzir o número de acidentes nas BRs por meio da fiscalização eletrônica, a meta da União era implantar 2,6 mil equipamentos de controle até 2013, sendo 1,1 mil lombadas eletrônicas, 1,1 mil radares fixos e 452 controladores de velocidade. O investimento previsto é de R$ 773 milhões.

De acordo com o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), existem no momento 357 aparelhos em funcionamento em estradas federais. A previsão do DNIT é que outros 539 entrem em operação nos próximos meses, visto que já foram emitidas as respectivas notas de instalação.

Foto: Divulgação