Do Vito ao Actros, Mercedes-Benz amplia oferta de veículos comerciais

por Leandro Tavares,
de São Bernardo do Campo (SP)

Não foi dessa vez que a crise evitou que as montadoras cortassem investimentos. A Mercedes-Benz apresentou nesta quarta-feira (14) na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) dez novidades para sua linha de veículos comerciais. Com os novos produtos, a marca agora oferece soluções que vão de 1 a 500 toneladas, que estarão disponíveis no mercado até o fim de 2015.

Modelo furgão do novo Vito

As maiores novidades entre as apresentadas ficam em extremos opostos do transporte de cargas. O extrapesado Actros ganhou uma versão com foco no agronegócio, o Actros 2651 6×4. O caminhão tem como destaques o novo motor OM 460 LA, de 510 cv e 13 litros – agora também presente nos modelos Actros 2646 6×4 e Actros 2546 6×2 -, e itens que permitem maior eficiência também em trajetos fora de estrada, inaugurando um conceito chamado pela Mercedes de “mix road” – estrada mista, no português.

“Para dar um exemplo, em Rondonópolis, normalmente os caminhões entram na fazenda para carregar, depois rodam por estradas boas para chegar em Santos ou Paranaguá. Estamos falando de uma rota com 20% de terra e 80% de asfalto. Se eles vão para o Norte, eles rodam o contrário, de 30 a 40% de estradas de asfalto e o resto em estradas severas. Esse novo Actros mix road terá alto desempenho em ambas as operações”, afirmou durante a apresentação vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Venda de Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini.

Accelo 1316 6x2

A outra grande novidade é o Vito, bastante conhecido de quem acompanha o mercado europeu, que chega nas configurações furgão, com o modelo Vito 111 CDI turbo diesel, e van de transporte de passageiro, sendo elas o Tourer 119 Comfort, para oito passageiros, e o Tourer 119 Luxo, para sete.

Atego 3030 8x2

Completam a lista de novidade o Accelo 1316 6×2, que com 13 toneladas de PBT marca a entrada do modelo no segmento de médios, os semipesados Atego 3030 e 3026 8×2, os primeiros veículos da Mercedes-Benz a sair de fábrica já na configuração 8×2 com 4 eixos, e o também semipesado Atego 2730 6×4, desenvolvido para construção civil e operações fora de estrada.