Edla Pereira ostenta categorias para dirigir carro, moto e micro-ônibus

Mês da Mulher
Perfil
Edla tirou a primeira habilitação com apenas quatro aulas

A instrutora de autoescola e esteticista Edla Pereira, 50 anos, é a figura real da “super-mulher”. Além de 2 categorias na CNH, a motorista tem mais de 60 diplomas e certificados em diversas áreas.

Além de 4 habilitações, a motorista tem mais de 60 diplomas e certificados em diversas áreas (Foto: Arquivo Pessoal)
Além de 4 categorias na CNH, a motorista tem mais de 60 diplomas e certificados em diversas áreas (Foto: Arquivo Pessoal)

O lugar da mulher

Quando Edla decidiu tirar sua primeira habilitação, não recebeu incentivo por parte de um membro próximo da família. “Essa pessoa me dizia que eu tinha que dirigir carrinho de feira, carrinho de mão ou fogão”, relata. Foi após um acidente da filha, que caiu e se machucou, que Edla decidiu tirar sua carta. “Eu tinha um carro na garagem e não pude socorrer minha filha, pois não sabia dirigir.”

Decidida a tirar sua primeira habilitação, Edla bateu de frente e não desistiu do sonho. “Eu falei: eu vou tirar minha habilitação de carro, de moto e de tudo o que eu quiser. E ainda vou dar aula em autoescola”, afirma.

“Eu tirava e colocava o carro na garagem sozinha”, completa. E ela não desistiu dos sonhos, tudo com o incentivo do irmão Altair Pereira da Silva.

Veja também: “Fiz meus testes, o treinamento, e hoje tiro de letra”, conheça Elaine Cotrim

O tempo na autoescola foi fundamental para Edla se habilitar em mais três áreas: moto, micro-ônibus e empilhadeira
O tempo na autoescola foi fundamental para Edla se habilitar em mais três áreas: moto, micro-ônibus e empilhadeira

A grande virada

Edla tirou a primeira habilitação somente com as quatro aulas. “Assim que fui aprovada no primeiro exame, eu estava passando na porta de uma autoescola e fui convidada pela proprietária para dar aulas”, conta. Edla ficou por cinco anos e meio nesse trabalho. Quando se formou em estética foi exercer a profissão.

18 anos depois, Edla foi convidada novamente para voltar a dar aulas na autoescola, onde ficou por mais três anos. “Saí de lá há quatro meses e voltei para a profissão de estética, mas de vez em quando alguém aparece, pede para eu dar aula, e hoje eu dou aula particular”, declara.

Por que só ter uma se posso ter 4?

O tempo na autoescola foi fundamental para Edla se habilitar em mais três áreas: moto, micro-ônibus e empilhadeira. No curso de empilhadeira, a motorista tirou uma nota considerada excelente: 9,5. “Quando eu fiz o treinamento pra passar, minha nota foi muito alta em relação à turma toda. Na minha sala tinha gente experiente, mas sem habilitação. Para completar a excelência, as habilitações de moto e micro-ônibus foram tiradas com três e quatro aulas, respectivamente.

Preparada

Com mais de 60 diplomas e certificados, Edla conta que nunca ficou sem estudar. Além das habilitações, a motorista tem cursos nas áreas de estética, cabeleireira, corte e costura industrial e a lista não acaba. “Na crise em que estamos, eu posso fazer qualquer coisa. Há mais de 20 anos eu já me preparava para o que acontece hoje. Eu tenho uma visão de empreendedora, a mulher tem, na verdade. Na vida, a gente nunca sabe o que vai acontecer, então você tem que estar preparado pra tudo”, afirma.

O que vem por aí

E quem pensa que acabou está muito enganado! “A minha vontade agora é tirar habilitação para conduzir barco, de repente tentar trabalhar na área. Mas o que eu mais quero mesmo é pilotar avião. Meu sonho é muito grande. Tenho muita vontade de pilotar helicópteros, transportar executivos do Guarujá para São Paulo”, afirma a guerreira de Cubatão (SP).