Contra maré, empresa de implementos tem crescimento em 2017

Mesmo com a retração de 2,4% no setor de implementos rodoviários, Truckvan fecha o ano com crescimento.

Flavio Santilli e Alcides Braga da Truckvan. (Foto: Divulgação)

- Publicidade -

Segundo dados da Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários), o setor teve queda de 2,4% em 2017. Na contramão desse cenário, a Truckvan, especializada em fabricação de unidades móveis para diversas áreas, cresceu 44% em relação a 2016. A empresa paulistana teve um rendimento de R$ 72 milhões em 2017, contra R$ 50 milhões do ano anterior.

Para Alcides Braga, sócio diretor da Truckvan, o resultado foi fruto, principalmente, do aumento de pedidos de unidades móveis de capacitação profissional tanto por órgãos públicos quanto pela iniciativa privada. Ele também destaca a ampliação da área de atuação da companhia, caracterizada por investimentos em tecnologia e inovação.

“Entre 2008 e 2014 crescemos 600%, porém, assim como todo o País, sentimos os efeitos da crise econômica no último triênio. Isso nos estimulou a ingressar em outros setores, fabricando contêineres Data Center e outras soluções para tecnologia da informação, e semirreboques blindados para transporte de cargas valiosas. Além disso, aumentamos o nosso portfólio de locações rápidas para o mercado de eventos, o que nos tornou referência no segmento e fornecedor de grandes agências de propaganda, publicidade e live marketing”, destaca Braga.

Outro fator que contribuiu foi o sucesso da parceria com a Randon Implementos, iniciada efetivamente em abril. Em 8 meses, a Truckvan, como distribuidora plena da Randon na Grande São Paulo, vendeu 330 semirreboques, 128 carrocerias para transporte de bebidas e 323 cotas de consórcio.

Para 2018, a Truckvan tem a expectativa de crescer mais de 30%, considerando que a retomada da economia se confirme e aumente os pedidos das tradicionais unidades móveis e consolide os novos mercados e exportações.

 

 

- Publicidade -