Empresários de logística do MS partem para ‘missão’ no Chile em busca de nova rota comercial com a Ásia

Um grupo de importantes empresários do Mato Grosso do Sul partiram nesta sexta-feira (27) em uma missão que poderá mudar a estrutura logística do país. Trata-se da Rota da Integração Latino-Americana (RILA), organizada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de MS (SetlogMS), com apoio da Scania e da Noma, além da concessionária Scania P.B. Lopes, da Montanha Distribuidora Noma, do Consórcio Scania e de diversas autoridades políticas do Brasil, Bolívia e Chile.

No total serão mais de 100 participantes, que percorrerão 2.700 km, com a volta prevista para o início de outubro. O grupo passará por cidades bolivianas como Santa Cruz de la Sierra e La Paz, atravessando os Andes até chegar ao norte do Chile para visitas técnicas aos portos de Arica e Iquique, considerados mais modernos, competitivos e mais próximos do mercado asiático. O trajeto economizará 12 dias em distância marítima se comparado a Santos (SP) ou Paranaguá (PR).

O objetivo é a integração com outras nações na busca de um corredor de exportação alternativo que eliminará um dos maiores gargalos logísticos do Brasil. Segundo cálculos do SetlogMS, o custo do transporte rodoviário, partindo das unidades produtoras de grãos no Estado de Mato Grosso do Sul, representa de 30 a 35% de valor do produto. Com o novo corredor será possível reduzir em 20% os custos com o transporte, o que impactará numa economia de 6 a 7% do valor das exportações dessas commodities agrícolas.

Segundo Marcelo Noma, diretor superintendente da Noma do Brasil, uma das idealizadoras do projeto, a intenção é verificar in loco as condições técnicas do trajeto a fim de comprovar e validar os quesitos de segurança dos implementos rodoviários que forem utilizar o novo corredor. “Estamos ao lado dos transportadores nesta iniciativa que poderá tornar o agronegócio brasileiro ainda mais competitivo”, comenta.

“A Scania está sempre atenta às movimentações do mercado na busca por alternativas que propiciem um transporte rodoviário ainda mais viável. Esta ação também reforça o compromisso que temos junto aos nossos clientes, que é a parceria para encontrar soluções que agreguem benefícios aos seus negócios”, afirma Victor Carvalho, gerente executivo de Vendas de Caminhões da Scania Brasil.