Expansão da Rede Siga Bem vai atender Lei dos Caminhoneiros

O transporte de cargas pelas rodovias do Brasil passou por mudanças que vão além dos caminhões Euro 5 que atualmente rodam pelo País. Com a aprovação das leis 12.619 – de 2012 – e 13.103 – de 2015 -, conhecidas como Lei do Caminhoneiro, a vida nas estradas teve alterações de maior impacto, como regulamentação do tempo de direção. Alguns pontos precisam de transformações dentro das transportadoras, enquanto outras necessitam de maior infraestrutura no trecho.

Recém chegado ao cargo de diretor de Postos e Serviços da Petrobras Distribuidora, Thomaz Lucchini Coutinho esteve na ExpoPostos e Conveniência 2015 apresentando os novos conceitos da bandeira BR. Em conversa com a reportagem do Brasil Caminhoneiro, o executivo disse trabalhar constantemente na expansão da Rede Siga Bem. “Trabalhamos com nosso distribuidor para ele entender o diferencial que tem você fazer parte da rede”, afirmou Coutinho.

“A Rede Siga Bem é um conceito de prestação de serviço que atende às expectativas dos caminhoneiros que estão nas estradas e precisam de um local adequado para que eles tenham segurança e bem estar para descansarem”, explicou o diretor. “Trabalhar a Rede Siga Bem é uma constante atividade da companhia, não apenas para expandir a rede, mas para estar adequada às necessidades dos caminhoneiros”, concluiu.

Diferencial

Para Thomaz Lucchini Coutinho, o destaque entre os serviços oferecidos pela Rede Siga Bem é a qualidade do combustível. “Temos o programa ‘De Olho no Combustível’, que inspeciona as bombas e reservatórios para certificar que aquele posto tem produto de qualidade”.

Caravana Siga Bem

As ações da Caravana Siga Bem nas estradas brasileiras realizam um importante trabalho social. Esse é a opinião do executivo. “A Caravana tem um propósito extremamente importante para nossos caminhoneiros. Ela leva saúde, cultura, aborda as questões sociais do país, leva a comunidade ao posto, de maneira que haja uma integração entre a sociedade, o caminhoneiro, o revendedor, e desenvolva trabalhos sociais, e hoje o país precisa desse apoio”, disse Coutinho.