Goodyear descobre que óleo de soja pode reduzir o uso de petróleo em pneus e aumentar sua vida útil

A Goodyear Tire & Rubber Company anunciou na semana passada que pesquisadores do Centro de Inovação da Goodyear em Akron, Ohio, identificaram em testes que o uso de óleo de soja em pneus pode aumentar potencialmente a vida útil da banda de rodagem em até 10% e reduzir o uso de compostos à base de petróleo na fabricação de pneus em até 7 milhões de litros por ano.

A fábrica da Goodyear em Lawton, Oklahoma (EUA), também descobriu que os compostos de borracha feitos com óleo de soja se misturam mais facilmente à sílica utilizada na produção de pneus, o que pode melhorar os níveis de eficiência da fábrica, além de reduzir o consumo de energia e as emissões de gases de efeito estufa.

Os protótipos de pneus construídos em Lawton serão testados nos próximos meses no Campo de Provas da Goodyear em San Angelo, no Texas (EUA).  Se os indicadores permanecerem positivos, a Goodyear espera tornar os pneus feitos com óleo de soja disponíveis para os consumidores já em 2015.

“Os consumidores são beneficiados pela maior vida útil da banda de rodagem, a Goodyear ganha com maior eficiência e economia de energia e todos nós somos favorecidos com um impacto positivo no meio-ambiente, afirma Jean-Claude Kihn, vice-presidente sênior e Chief Technical Officer da Goodyear”.

O United Soybean Board (USB) está ajudando a financiar o projeto da Goodyear com um subsídio de US$ 500 mil ao longo de dois anos. A Goodyear exibirá um pneu feito com óleo de soja em 6 e 7 de agosto no centro de pesquisa da The Ford Motor Company, em Dearborn, Michigan (EUA), como parte de um evento patrocinado pelo USB.

Foto: Ilustração