Honeywell amplia uso das pistas para desenvolvimento dos Turbos Garret

Agora os pilotos da Scuderia Iveco da Fórmula Truck, Beto Monteiro e Hisgué, com caminhões Iveco Stralis, terão mais um aliado.  A Honeywell Turbo Technologies decidiu ampliar a equipe de engenheiros que acompanham as corridas da categoria, acompanhando o desempenho do turbo Garrett nas competições. O programa terá inicio na quarta etapa do  campeonato, prevista para o próximo domingo no Autódromo de Goiânia.

André Mitsumori, engenheiro de aplicações da empresa, explica que as informações obtidas em pistas complementam as dos laboratórios e antecipam os registros de campo, recebidos da rede de serviço. “Uma corrida de uma hora corresponde à utilização superior a um ano de um turbo em condições normais, porque a carga transmitida ao componente é extremamente alta e nos antecipa informações importantes para aperfeiçoamento dos modelos atuais e para o desenvolvimento de novos produtos para o mercado”, salienta o engenheiro.

Para Mitsumori, o uso das pistas é uma tradição da Honeywell, que mantém uma invencibilidade na corrida 24 Horas de Le Mans de mais de onze anos consecutivos, com os automóveis Audi e Peugeot, assim como ocorreu na Fórmula 1 na fase em que os motores eram limitados a 1,5 litro, e em outras categorias, entre as quais, o campeonato mundial de rali. “Por essa tradição, decidimos incluir as competições brasileiras em nosso programa de desenvolvimento como no Rally dos Sertões com a equipe Ford Racing/ Território 4X4 e na Fórmula Truck por intermédio da Scuderia Iveco”, completa.

Tecnologia de turbo roletado

O turbo Garrett que equipa os motores FPT Iveco Cursor 13 dos caminhões Iveco é o Garrett Ball Bearing, que conta com a aplicação de rolamento em vez de mancais convencionais para o eixo do conjunto rotativo. De acordo com Mitsumori, a tecnologia Ball Bearing resulta em aceleração até 70% mais rápida, além de maior resistência em relação ao turbo convencional. Esse ganho colabora para acelerações eficientes, por exemplo, em retomadas de aceleração nas saídas de curva e redução na emissão de fumaça.

O objetivo da Honeywell, de acordo com Mitsumori, é continuar a parceria com a Scuderia Iveco trabalhando as engenharias “Garrett & Iveco” em conjunto, para que o turbo continue contribuindo com a performance do motor do caminhão Iveco Stralis ao longo do campeonato.


Foto: Divulgação/ Fórmula Truck

- Publicidade -