Ibrac é uma entidade Laço Amarelo

Preocupado em fazer um alerta para todos os seus públicos, o Ibrac tornou-se uma Entidade Laço Amarelo

Ibrac é uma entidade Laço Amarelo (Foto: Divulgação/MaioAmarelo)

Além do apoio ao movimento Maio Amarelo, assim como o Brasil Caminhoneiro, o Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça) também se junta ao Observatório Nacional de Segurança Viária e passa a ser uma entidade Laço Amarelo.

Quanto mais pessoas, empresas e entidades apoiarem a ideia, menos vidas serão perdidas no trânsito!

Veja também: Maio Amarelo 2018 é lançado nas plataformas digitais

“A cachaça faz parte da história do Brasil e está enraizada em nossa cultura. Mas dirigir depois de beber é uma infração de trânsito gravíssima que pode causar acidentes e até vítimas fatais”, relata o Movimento Maio Amarelo.

Preocupado em fazer um alerta para todos os seus públicos, o Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça) tornou-se uma Entidade Laço Amarelo, programa oferecido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária que oferece conteúdo de educação e conscientização para um trânsito mais seguro, a fim de evitar que mais pessoas morram em acidentes de trânsito.

Movimento Maio Amarelo

Com o mote “Nós somos o trânsito”, o Movimento chega à 5ª edição com o objetivo de lembrar que o trânsito é feito de pessoas. A ação deste ano foi desenvolvida pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, em parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, e doada ao Movimento Maio Amarelo.

Em 2018, o Brasil Caminhoneiro, além de vestir a camisa do Movimento, como nos outros anos, também passa a ser uma “Entidade Laço Amarelo” devido às ações desenvolvidas por um trânsito mais seguro e responsável.