International vai encarar Mercedes-Benz no pequeno nicho de caminhões “bicudos”

por Mauro Cassane
Editor do Portal

A Mercedes-Benz não vai ficar sozinha no pequeno, mas fiel, nicho dos caminhões bicudos. A International remodelou seu antigo 4300 e o lança no mercado brasileiro do jeito que é conhecido nos Estados Unidos: International DuraStar. O semipesado chega equipado com motorização MWM MaxxForce de 7.2 litros, 4 válvulas por cilindro e 280 cv de potência.

DuraStar

Nesta potência o semipesado da International pode ser encontrado nas configurações 4×2, 6×2 e 6×4. Com PBT de 17.000, 24.000 e 26.000 toneladas.

O conhecido pesadão cara-chata da International, modelo 9800, ganha na nomenclatura um “I” que o distingue da versão anterior por agora possuir motorização que atende a norma Euro 5. O motor continua o mesmo Cummins ISM, que é exclusivamente produzido para a marca.  A nova motorização entrega 416 cv nas duas opções de tração 6×2 e 6×4.

9800i

A identidade visual do pesadão da International foi inteiramente mantida, com aquele jeitão de gringo americano pelas estradas brasileiras, mas, como as demais fabricantes, a marca do diamante aproveitou a deixa da nova motorização para dar um tapa no visual do caminhão, que ganhou um ar mais elegante harmonizado pela cintilante grade dianteira.

Na Fenatran, a Internatinal mostrou seu caminhão-conceito batizado de AeroStar, um projeto que foi desenvolvido por um time de engenheiros da fábrica do Brasil com a turma da matriz, nos Estados Unidos. De acordo com o presidente da filial brasileira, Waldey Sanches, “é certo que na próxima Fenatran, em 2013, exibiremos este caminhão em nosso portfólio, já produzido em nossa nova fábrica”.

AeroStar

Fábrica nova? O executivo não entrou em pormenores. Mas deixou claro que, à medida que a escala de produção crescer, ou seja, melhores vendas, “vamos precisar de uma planta maior que nos garanta maior capacidade de produção”.

Os apaixonados pelo estilo dos estradeiros americanos devem mesmo visitar o estande da International: lá está o LoneStar um caminhão que merece, no mínimo, uma foto sua com este bichão ao fundo. Combina com a logomarca International: é um diamante. Não serve, ainda, para o mercado nacional. É um cavalo-mecânico que foge às especificações da legislação nacional, por ser visivelmente longo. Mas admita-se, é uma máquina para ser apreciada no todo e nos detalhes.

LoneStar

Também no estande da marca americana está um modelo da série WorkStar, indicado para operações mais severas. Mas, este também ainda não dá para ser vendido. Contudo, caso o visitante se encante, e queira um, de verdade, não custa conversar com o pessoal de Vendas que fica de plantão no estande até sexta-feira, 28 de outubro.

WorkStar

Fotos: Divulgação