Licitação para controle nacional de velocidade será lançado em outubro

Nova licitação é necessária porque os contratos vigentes de controle de velocidade chegarão ao fim em dezembro

Velocidade

O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) planeja, para outubro, o edital de licitação do novo PNCV (Plano Nacional de Controle de Velocidade). Com o processo, serão contratadas as empresas responsáveis pela instalação, operação e manutenção de radares fixos, controladores de avanço de sinal vermelho e lombadas eletrônicas.

A nova licitação é necessária porque os contratos vigentes chegarão ao fim em dezembro. Atualmente, existem cerca de 3,5 mil equipamentos, que garantem o monitoramento de quase 6,5 mil faixas nos 55 mil quilômetros de rodovias administradas pelo órgão.

A nova contratação deve viabilizar o controle de mais de sete mil faixas. Serão substituídos controladores antigos e também serão implantados novos pontos de fiscalização. As infrações de trânsito registradas pelos aparelhos são enviadas, automaticamente, para o Dnit. Conforme o órgão, mensalmente são investidos cerca de R$ 4 mil por faixa fiscalizada.

O DNIT já divulgou que Minas Gerais terá 13,6% dos novos radares, lombadas e avanços. É o estado com maior percentual, num total de 476 novos equipamentos. Depois, vêm Bahia, com 10% (354) e Mato Grosso, com 8,2% (290).

Fonte: Agência CNT