Mais da metade do lixo recolhido no Corredor Raposo Tavares é reciclável

Por mês, em média, são recolhidos 574 metros cúbicos de lixo na SP-270 – Raposo Tavares

Limpeza é feita diariamente por equipes (Foto: Divulgação)

De Bauru a Presidente Epitácio, a limpeza feita diariamente ao longo do Corredor Raposo Tavares resulta no recolhimento de quantidade expressiva de material jogado na pista ou no acostamento, sendo a maior parte reciclável.

- Publicidade -

Por mês, em média, são recolhidos 574 metros cúbicos de lixo na SP-270 – Raposo Tavares, SP-225 – João Baptista Cabral Rennó e SP-327 – Orlando Quagliatto. Deste total, 343 m³ (60%) são recicláveis, como plástico, garrafas PET, latas de refrigerantes, papel, papelão, plásticos, recipientes de vidros e sacolas.

A quantidade de material dispersada irregularmente no trecho administrado pela CART ao longo do ano seria suficiente para encher quase duas piscinas olímpicas.

No período de férias, quando o fluxo de veículos aumenta em média 20%, a CART (Concessionária Auto Raposo Tavares) reforça a necessidade da colaboração de seus usuários com a limpeza das rodovias.

“É uma quantia considerável de material reciclável recolhido por nossas frentes de limpeza, que desempenham um papel indispensável à preservação do meio ambiente em nosso trecho”, afirma Athayde Caldas, Gerente de Relações Institucionais da CART.

Material não-reciclável

Já o material não-reciclável corresponde a 62,5 m³. São embalagens com restos de alimento, isopor e papel higiênico. Outro item que chama a atenção pela quantidade recolhida são fraldas descartáveis usadas. “Recomendamos às mamães que viajam pelo Corredor a utilizarem nossas bases. Os 12 SAUs [Serviço de Atendimento ao Usuário] dispõem de toda infraestrutura necessária para o conforto dos viajantes nas paradas de descanso, inclusive fraldário”, menciona.

Usuários do Corredor contam com fraldário nos SAUs (Foto: Divulgação)

Mensalmente, as equipes recolhem cerca de 16 m³ de resíduos de borracha nas pistas. Boa parte é resto de ressolagem de pneus de veículos pesados. Esse material é levado para ecopontos. Também são contabilizados nesta relação materiais orgânicos (roçada da grama e restos de poda), que totalizam 151,3m³ por mês.

- Publicidade -