Lojas online devem impulsionar vendas de chassis com cabina

Com a alta no transporte de entregas urbanas por conta da venda de produtos pela internet, mercado de chassis com cabina deve crescer entre 10 e 15% em 2017

SprinterO e-commerce, venda de produtos através de lojas na internet, movimenta cada vez mais dinheiro e já tem reflexos expressivos na logística urbana e nos emplacamentos de veículos. A Mercedes-Benz revelou em evento na fábrica de São Bernardo (SP) nesta sexta-feira (10) que estima um crescimento entre 5 e 10% no mercado total de vans em que a Sprinter atua, de 3,5 a 5 toneladas de PBT, com destaque para o segmento de chassis com cabina, que deve ter alta de 10 a 15%.

Linha Sprinter
Linha Sprinter

“O volume de negócios do e-commerce saiu de R$ 18 bilhões em 2011 e vai chegar em 2017 a praticamente R$ 60 bilhões”, analisa Werner Schaal, gerente sênior de Marketing & Vendas Vans da Mercedes-Benz do Brasil. “A expectativa é de crescimento de 13% neste ano. Este cenário cria ótimas perspectivas para nossos veículos comerciais leves Sprinter”, avalia.

Com esse cenário de expressiva alta a cada ano, o e-commerce cria oportunidade de investimentos para os empreendedores e de empregos para os motoristas. “Um dos principais aspectos para esse crescimento foi o aumento do uso de internet”, explica Schaal.

Na visão do executivo da Mercedes-Benz, esse movimento de forte consumo pela internet é um caminho sem volta e que não deve sentir impactos com, por exemplo, o movimento das operadoras de limitar em GB (gigabytes) a tráfego de internet de usuários domésticos, assim como já é feito com planos para celulares. “Nas suas mais diversas modalidades vai acontecer ao longo do tempo mudanças nas tecnologias, perfis, acesso, mas vejo (o e-commerce) como um caminho sem volta por trazer benefícios ao consumidor”, conclui Schaal.

Werner Schaal, gerente sênior de Marketing & Vendas Vans da Mercedes-Benz do Brasil
Werner Schaal, gerente sênior de Marketing & Vendas Vans da Mercedes-Benz do Brasil

Mercedes-Benz amplia participação

A Mercedes-Benz registrou nos últimos anos um aumento sistemático de participação de mercado em veículos comerciais leves no segmento de “Large Vans”, em que oferece aos clientes a linha Sprinter. “Em apenas cinco anos, aumentamos nosso market share em mais de 12 pontos percentuais, saltando de 14% em 2011 para 26,6% em 2016”, diz Werner Schaal. “Esse resultado é muito expressivo, por tratar-se de um segmento extremamente competitivo e com potencial de crescimento no País nos próximos anos”.

Em 2016, foram comercializadas mais de 4.800 unidades da linha Sprinter no mercado brasileiro. Com isso, a Mercedes-Benz obteve a participação de 26,6%, representando 2 pontos percentuais a mais em relação aos 24,5% de 2015.