Manutenção interditará trecho da Anchieta por 19 dias em um mês

O trecho de serra da pista sul da Via Anchieta – que vai do km 40 ao km 55 – receberá uma manutenção completa entre os dias 28 de fevereiro e 31 de março. As intervenções incluem o recapeamento com asfalto borracha, manutenção e reparos em viadutos e túneis, limpeza ou substituição de sinalização, monitoramento de encostas e podas pesadas de árvores e vegetação.

Por conta do volume e complexidade do trabalho, será necessário efetuar a interdição total do trecho durante este período. O fechamento da pista ocorrerá sempre de segunda a quinta-feira, das 6h30 às 16h. Durante a interdição, o tráfego de caminhões e outros veículos pesados – que devem obrigatoriamente descer a serra pela Anchieta – será deslocado para a pista norte, que irá operar em sentido invertido no trecho de serra. Já na Imigrantes, não haverá inversões em nenhuma das duas pistas, que irão operar normalmente.

“A pista sul da Via Anchieta, pelo fato de concentrar todo o volume de tráfego de caminhões no sentido litoral, exige manutenções frequentes, sobretudo em relação ao pavimento, para que possa oferecer fluidez e segurança aos usuários”, destaca Rui Klein, gerente de Engenharia da Ecovias.

Segundo o engenheiro, a interdição do trecho é uma medida fundamental para realizar a manutenção com rapidez e segurança. “Serão feitas intervenções pesadas – que incluem a poda de árvores e reparos em todos os viadutos – que requerem o fechamento da pista para tráfego para garantir a segurança dos usuários e dos profissionais envolvidos nos serviços”, explica o engenheiro.

Além da interdição limitada ao período de segunda à quinta-feira, o período também foi escolhido para minimizar os impactos no tráfego. “O mês de março – que não tem nenhum feriado prolongado – foi escolhido justamente para reduzir o desconforto dos usuários”, finaliza Klein.

Foto: Divulgação