Mercedes-Benz lança novo Atego na Europa com motor Euro 6 e ‘cara nova’

O quarto e último membro da família de caminhões Mercedes-Benz na Europa a receber uma remodelação completa é o novo Atego Euro 6. Ele chega ao mercado com a missão de manter-se como o mais vendido do segmento de distribuição de cargas em curtas distâncias, com peso bruto total – PBT entre 6,5 e 16 toneladas.

Em nova versão, o Atego teve mudanças e inovações com relação ao sistema de tração, chassis e cabina. Para atender ao padrão Euro 6, que, mesmo antes do prazo estipulado, já é uma realidade na Europa, o modelo é equipado com os novos motores BlueEfficieny Power Euro 6.

Sete versões de motores Euro 6 podem ser combinadas com uma ampla gama de transmissões, tanto na versão manual, quanto na automatizada. O objetivo é adequar-se a todas as faixas de potência, garantindo que se obtenha a melhor combinação para atender a cada requisito específico das operações de distribuição em curta distância.

Em suas versões de caminhões leves, o novo Atego apresenta motores de quatro cilindros BlueEfficiency Power da série OM 934, com deslocamento de 5,1 litros e quatro opções de potência. Estes motores, com dois eixos de comando de válvulas superiores e válvula de escape ajustável, cobrem a gama de desempenho que vai de 115 kW (156 hp) a 170 kW (231 hp) e que é necessária para serviços de distribuição em curtos percursos.

O novo Atego está disponível também em três opções de motores de seis cilindros da série OM 936 commom rail, com desempenho na faixa de 175 kW (238 hp) a 220 kW (299 hp) e deslocamento de 7,7 litros.

Novo veículo amplia família Euro 6 da Mercedes-Benz na Europa.

Com um torque alto em baixas rotações, esses motores Euro 6 consomem menos combustível, a despeito da redução das emissões de material particulado e de NOx (Óxidos de Nitrogênio) atingirem 90% quando comparadas às dos motores Euro 5. Além disso, asseguram mais um importante benefício: maiores intervalos de manutenção.

Os motores Euro 6 atendem às normas de emissões que ainda irão entrar em vigor na Europa graças ao sistema de resfriamento da recirculação dos gases de escape e a um escapamento compacto que integra o sistema SCR (redução catalítica seletiva), bem como a um filtro de particulados “closed-loop”. A adoção da sofisticada tecnologia BlueTec 6 de tratamento dos gases de escape levou a uma redução de 50% no consumo de ARLA em comparação com os motores Euro 5.

Câmbio automatizado e sistema ESP de série

A força dos novos motores é transmitida por meio dos câmbios automatizados Mercedes PowerShift 3 de seis ou oito marchas, itens de série na Alemanha. O recém-introduzido Mercedes PowerShift 3 de oito marchas disponibiliza as mudanças automatizadas mesmo para os motores maiores. Opcionalmente, estão disponíveis para o novo Atego os câmbios de seis ou nove marchas de acionamento manual com assistência elétrica. Neste caso, a alavanca está ergonomicamente posicionada no painel de instrumentos, o que facilita a operação.

A configuração do sistema de tração do novo Atego inclui, como item de série, o Stability Control Assist (assistente de controle de estabilidade), conhecido nos automóveis como ESP. Um redesenhado freio-motor de descompressão, de dois estágios e alto desempenho (no caso do motor de seis cilindros está opcionalmente disponível com uma potência de até 300 kW), atua em conjunto com os freios a disco controlados eletronicamente, em todos os eixos, a fim de possibilitar segurança no manejo.

Painel do novo Atego.

A Mercedes-Benz oferece o retarder permanente, com imã livre de desgaste e 650 Nm de torque de frenagem, único nessa categoria de aplicação, proporcionando assim um poderoso apoio adicional para o sistema de frenagem.

Visual da nova geração de caminhões

Com a chegada do novo Atego, o veículo para serviços de distribuição em curtas distâncias do segmento de PBT de 6,5 a 16 toneladas, a nova geração de caminhões da Mercedes-Benz está agora completa. E também na aparência, este Atego se enquadra bem em uma linha que já inclui as famílias Actros, Antos e Arocs. O design do parachoque, com luzes para condução diurna (uma versão em LED está disponível como opcional) define a face do Atego e deixa clara a sua personalidade, além de possibilitar identificá-lo imediatamente como membro da família de caminhões atuais da Mercedes-Benz.

Dentro da cabina do Atego o motorista encontrará um interior totalmente redesenhado, com um design de cockpit que se alinha com os do Actros, Antos e Arocs. Entre seus destaques incluem-se: painel de instrumentos com uma tela ampla e clara, volante multifuncional de série (opcionalmente, disponível em couro), bancos com novo design e apoios integrados para a cabeça e descanso de braços (em conjunto com o Mercedes PowerShift 3) e colchão de espuma de 7 zonas em peça única.

Para enfrentar os desafios das operações de distribuição em curtas distâncias, o novo Atego oferece a possibilidade de integração de dispositivos multimídia, juntamente com recursos adicionais fornecidos pelo novo conceito de eletroeletrônica.

Com um total de 42 diferentes modelos, ampla gama de entreeixos, três comprimentos de cabina e versões com tração em todas as rodas, este caminhão Mercedes-Benz atende a todas as necessidades dos clientes europeus, bem como às exigências do segmento de serviços de distribuição em curtas distâncias daquele mercado.

(LT)

Foto: Divulgação