Ministro dos Transportes aprova federalização de rodovias no Pará e no Piauí

A incorporação de segmentos de rodovias estaduais no Pará e no Piauí na malha rodoviária federal foi aprovada pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, na semana passada. Com a “federalização”, 441 quilômetros de estradas que cortam esses Estados passam a ser responsabilidade do governo federal. As medidas foram publicadas por meio de portarias no Diário Oficial da União.

Pará

Um trecho de 344 quilômetros de extensão da PA-150 passa a denominar-se BR-155. A Portaria, publicada na edição de 21/9 do DOU (Diário Oficial da União), contempla o segmento compreendido entre os municípios de Marabá e Redenção.

Piauí

Nesse Estado, a União vai incorporar o segmento da rodovia estadual PI-254 coincidente com a rodovia federal BR-235, e o trecho da PI-117 coincidente com a BR-222. Segundo a Superintendência do DNIT/PI, os processos de federalização são pleiteados desde dezembro de 2007 e tiveram início em abril de 2009.

No caso da PI-254, o segmento com 13 quilômetros de extensão compreende os municípios de Guigues e Santa Filomena. O novo trecho da BR-235 terá obras de pavimentação.

Também estão previstas obras de manutenção no trecho de 84 quilômetros de extensão da PI-117, compreendido entre os municípios de Batalha, Esperantina, São João do Arraial e Matias Olímpio.

Foto: Divulgação Ministério dos Transportes