Segundo o delegado Leonel Baldasso, a mulher, de 32 anos, que estava com o filho de um ano e três meses no colo, se assustou com a perda de freio e se jogou do caminhão.

Uma fatalidade ocorreu na última segunda-feira (22) em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde uma mulher morreu ao pular de um caminhão que perdeu os freios.

Segundo informações do delegado Leonel Baldasso, a mulher se chamava Andréia Paim Martin, tinha 32 anos, e estava com o seu filho no colo, de um ano e três meses, quando se jogou do caminhão. A criança, apesar do ocorrido, ficou com ferimentos leves.

A polícia constatou que pelo fato de o veículo ser muito velho, perdeu o óleo do freio. O marido da vítima ainda disse que a mulher se assustou e pulou do caminhão.

Andréia, na queda, morreu ao bater a sua cabeça no chão. O incidente foi na Rua Vereador José Stuart da Silva, na Vila da Paz.

O casal estava junto há 13 anos. Ainda de acordo com a polícia, o homem é freteiro e ficou desolado com a morte da esposa.

O delegado ainda completou que esta descartada a hipótese de crime intencional, informando que a investigação é de homicídio culposo pela negligência do estado do veículo.

O filho do casal foi encaminhado para o Hospital Padre Jeremias com ferimentos leves. No fim da tarde, apesar do quadro estável, a criança seguia em observação no hospital.

Fonte: G1.