Novo presidente da FPT Industrial na América Latina é apresentado e fala em ‘ofensiva’ por novos clientes no Brasil

por Leandro Tavares,
de São Paulo para o Brasil Caminhoneiro

Em crescimento no Brasil, a FPT Industrial Latin America anunciou nesta quinta-feira José Luís Gonçalves como seu novo presidente. Com 18 anos de Volvo, o executivo chega à empresa com objetivos bem definidos, em especial no que se diz aos motores de caminhões.

Diversas marcas iniciarão atividades no Brasil nos próximos anos. Muitas delas, como as marcas chinesas, precisarão recorrer aos fabricantes de componentes para bater de frente – ao menos no que se diz à qualidade e tecnologia – com as tradicionais líderes de mercado, incluindo a própria Iveco, que faz parte do mesmo grupo que a FPT.

“Nosso foco é o extrapesado, mas com a nossa gama de produtos, temos que atacar todas os segmentos de caminhões. O comercial leve, o leve, médio, semipesado, pesado e extrapesado”, afirmou Gonçalves. “Qualquer novo entrante, que venha ao Brasil na nossa indústria, pode ter certeza de que nós vamos buscar uma conversa para sermos parceiros de negócios, seja a nacionalidade que for”, complementou.

Durante sua apresentação, o executivo destacou bastante a dificuldade de se diferenciar da indústria, principalmente após a chegada de novas tecnologias de pós-tratamento. “Quando vem a regulamentação do Euro 3, do Euro 5 e os tier (para motores fora de estrada), os produtos se aproximam. Mas conseguimos ter diferenciais em termos de soluções técnicas e específicas, que basicamente, através do desenvolvimento de componentes e de softwares, entregam melhor consumo de combustível e confiabilidade, além de custo menor de operação”, avaliou o executivo.

Todos os setores em que a FPT Industrial atua mantêm boas perspectivas de crescimento, e os maiores potenciais de expansão estão baseados nas indústrias de veículos comerciais e no setor agrícola. Além disso, dois dos maiores eventos esportivos do mundo serão realizados no Brasil em 2014: a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos Rio 2016. Ambos terão um impacto significativo e exigem investimentos substanciais em infraestrutura no País, influenciando tanto o setor de construção quanto o setor de transporte.

“A FPT Industrial fornece motores para os setores que impulsionam a expansão da economia. Graças à ampla gama de produtos que fornecemos e à crescente receptividade às nossas tecnologias, estamos confiantes em relação ao crescimento contínuo da FPT nessas áreas”, acrescentou Gonçalves.

Uma das principais áreas de desenvolvimento em sua gestão será a ampliação da rede FPT Industrial em toda América Latina, com ações iniciadas já nos próximos 18 meses. “A expansão da nossa rede será fundamental para assegurar o atendimento e a satisfação de nossos clientes, gerando por consequência o sucesso da FPT Industrial na região”, prevê Gonçalves.

Com o objetivo de promover e implementar uma nova visão, focada no mercado latino-americano, Gonçalves foi escolhido por sua vasta experiência em estratégia comercial, sendo o primeiro brasileiro a ser nomeado como presidente da FPT Industrial Latin America.