Orlando Merluzzi assume a vice-presidência da Foton Aumark no Brasil

Foton Aumark do Brasil, empresa independente e de capital 100% nacional, responsável pela importação e distribuição dos caminhões da marca Foton, anuncia Orlando Merluzzi como o novo diretor de operação.

Engenheiro de produção, administrador de empresas, com MBA, o executivo de 49 anos – que detém participação societária na empresa -possui vinte e seis anos de experiência no setor automotivo, sendo vinte deles dedicados a caminhões. Trabalhou na fabricante Iveco e em outras três das mais importantes montadoras no país, atuando em finanças, planejamento, marketing, vendas e desenvolvimento de concessionárias no Brasil e na América Latina.

“É uma grande satisfação lançar essa marca no Brasil. Trata-se de um produto surpreendente e com um dos mais elevados padrões de qualidade, dignos de uma marca entre as maiores empresas do mundo no setor”, afirma Merluzzi. “Nossos produtos, inicialmente nos segmentos de 2,8 a 9,0 toneladas de PBT atenderão com maestria todas as demandas do setor, oferecendo durabilidade, economia, conforto, produtividade e um pós-venda exclusivo”, complementa o executivo.

A Foton Aumark, que possui matriz em Várzea Paulista, cidade próxima a São Paulo, abrirá nas próximas semanas uma concessionária em Guarulhos, seguida de outra em Alphaville, também na região metropolitana. Nos próximos meses, mais oito concessionárias serão inauguradas no Estado de São Paulo.

Ricardo Mendonça de Barros, diretor de operações comerciais explica que a empresa expandirá suas atividades gradativamente, detendo o controle territorial de forma a atender aos clientes com planejamento e agilidade. “Nossas concessionárias cobrirão suas áreas de atuação de modo a transmitir aos clientes, segurança e confiança em um relacionamento duradouro”, afirma Mendonça de Barros.

Segundo Marcio Vita, diretor administrativo e financeiro do grupo, a empresa desenvolveu com a IBM um avançado sistema de monitoramento a distância que permitirá saber exatamente o que se passa com os caminhões em operação: “Vamos monitorar o comportamento dos caminhões no campo e agir preventivamente. Poderemos nos comunicar com os clientes, agendar manutenções preventivas, e alertá-los em casos de eventuais anomalias”, diz Marcio Vita.

Foto: Divulgação/Foton Aumark