Pagamento de pedágio por trecho percorrido começa a funcionar em Itatiba

O governador Geraldo Alckmin iniciou neste mês, em Itatiba, a operação do Sistema Ponto a Ponto, que cria nas rodovias paulistas o sistema de pagamento de pedágio por trecho percorrido. A primeira rodovia contemplada com o sistema será a Engenheiro Constâncio Cintra (SP 360), no trecho que liga Itatiba a Jundiaí. O Ponto a Ponto torna as tarifas mais justas.

No modelo de pagamento de pedágio por trecho percorrido será utilizada tecnologia moderna, com menor custo e maior segurança e rapidez ao usuário. Sistema similar já é utilizado com sucesso em países como Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Chile, África do Sul, Áustria, entre outros.

Serão beneficiadas cerca de mil famílias residentes em nove bairros de Itatiba, que hoje não contam com uma ligação municipal com o centro da cidade, e são obrigados a utilizar a rodovia para fazer seus deslocamentos. Hoje, o morador tem que pagar R$ 2 na ida e R$ 2 na volta. Com o Ponto a Ponto, passará a pagar R$ 0,60 por sentido, uma redução de 70%.

Sistem Ponto a Ponto em execução

No novo sistema, haverá dois pontos de cobrança. Na própria praça de pedágio, no km 77, e outra em pórtico no km 74, em Jundiaí. Assim, o morador dos bairros citados pagará apenas R$ 0,60 para se deslocar à região central de Itatiba, uma redução de 70% no preço do pedágio. Já quem se desloca sentido a Jundiaí pagará tarifa de R$ 1,40.

A adesão é totalmente gratuita nesta fase do projeto piloto. A instalação do tag não tem nenhum custo ao usuário e também não será cobrada mensalidade. Quem não aderir ao novo sistema de pagamento eletrônico continua a utilizar o modelo atual, com a tarifa cheia (R$ 2).

A escolha da Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra (SP 360) como porta do Sistema Ponto a Ponto no Brasil é justificada pela necessidade de adequação da tarifa aos moradores de bairros de Itatiba localizados além da praça de pedágio.

Estão convidados a aderir ao Sistema Ponto a Ponto os moradores dos bairros Champirra, Chavine e Castro, Citrus São Jorge, Encosta do Sol, Nova Champirra, Parque da Fazenda, Pinhal, Princesa da Colina e Venda Nova.

Quem for aderir ao Ponto a Ponto precisa ir até o posto de instalação dos tags localizado na SP 360, no km 77, sentido Itatiba-Campinas. O posto funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. E aos sábados, das 8h às 12h.

Entendendo o Ponto a Ponto

Em vez de praças de pedágio, o pagamento da tarifa do Ponto a Ponto é feito eletronicamente. Antenas fixadas em pórticos dispostos ao longo da rodovia leem as informações contidas em um tag, aparelho eletrônico instalado nos veículos, sem necessidade de parada ou redução de velocidade.

O valor correspondente àquele trecho é debitado dos créditos que foram adquiridos pelo usuário. O novo modelo chega com o objetivo de produzir uma tarifa mais justa e faz parte da política pública de transportes do Governo de São Paulo. O usuário pagará apenas pelo que andar na rodovia.

Para participar do Ponto a Ponto é necessário apresentar um documento de identificação (RG ou CPF), documento regularizado do veículo a ser cadastrado e comprovante de residência. Somente serão aceitos moradores residentes nos nove bairros citados acima e que tenham o veículo com placa licenciada em Itatiba. No momento da adesão, o usuário deverá fazer uma carga inicial de créditos.

Foto: Divulgação/Artesp