Pedágio da BR-050 tem aumento de tarifa aprovado pela ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou nesta segunda-feira (11) a 2ª revisão extraordinária da tarifa nas praças de pedágio da BR-050 no trecho que vai do Distrito Federal até a divisa de Minas Gerais com o estado de São Paulo. A via, que é administrada pela concessionária MGO Rodovias, já opera com novas tarifas.

Com isso, a praça de Ipameri (GO) terá tarifa de R$ 6,40. A de Campo Alegre de Goiás (GO) passará a custar R$ 6,90. Em Araguari (MG) o aumento elevou o valor para R$ 5,20 na primeira praça e R$ 4,00 na segunda. Já em Uberaba (MG) será cobrado o preço de R$ 5,70. E o pedágio de Delta (MG) foi para R$ 4,10.

Esse valor de tarifa será válido até a próxima revisão ordinária, em 12/4/2016, quando a parcela relativa ao passivo de arrecadação tarifária será revertida. O passivo de arrecadação tarifária é a perda de receita no período entre 17/4/2015 e 11/1/2016, no qual não houve reequilíbrio devido à isenção de eixos suspensos.

Com 436,6 quilômetros de extensão, a BR-050 foi concedida para a iniciativa privada com o objetivo de exploração da infraestrutura pelo período de 30 anos. A concessão teve inicio em 8 de janeiro de 2014. A licitação fez parte da 3ª etapa do programa de concessões rodoviárias.