Pedágios paulistas serão reajustados em até 4,98% a partir de domingo

Após “escaparem” do aumento do preço de combustíveis na bomba (a Petrobras garantiu que a alta será apenas na refinaria), os motoristas de São Paulo não conseguiram evitar o gasto extra com viagens pelo estado. A Artesp (agência que regula os transportes no Estado) anunciou que os pedágios em todas as rodovias estaduais ficarão até 4,98% mais caros a partir deste domingo.

A correção é aplicada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acumulado de junho de 2011 a maio deste ano. Até o ano passado, o governo usava dois índices na correção: IPCA e IGP-M, nas rodovias com contratos de concessão assinados antes de 1998.

Como a diferença entre os dois índices cresceu muito, o governo deve usar um único índice que, segundo a Artesp, estava sendo estudado ontem. Nas rodovias em que o IGP-M for o índice adotado, o reajuste ficará em torno dos 4,26%. Desde junho, o governo está testando um sistema de pagamento de pedágio por trecho percorrido, que deve baratear os custos para os motoristas.

Aplicado esse índice, a tarifa no trecho Oeste do Rodoanel, por exemplo, passará de R$ 1,40 para R$ 1,47. Até o ano passado, o governo usava dois índices na correção: IPCA e IGP-M, nas rodovias com contratos de concessão assinados antes de 1998.

Foto: Divulgação