Programa pretende formar 55 mil motoristas com certificado internacional

​SEST SENAT conclui turmas-piloto do Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética.

Turma do programa piloto de eficiência energética. (Foto: Divulgação)

- Publicidade -

O SEST SENAT deu início ao Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética. O curso, promovido pela instituição, tem parceria com a Confederação Nacional do Transporte e o Instituto de Transporte e Logística.

O programa é fruto do acordo internacional de cooperação técnica firmado em 2017 com o NRCan (Ministério dos Recursos Naturais do Canadá) e o ICCT (Conselho Internacional de Transporte Limpo). Entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano, cerca de 400 alunos participaram das turmas-piloto.

O programa prevê a formação nas áreas de condução econômica, gestão de combustível e gestão de frotas. A meta é treinar 55 mil profissionais, entre motoristas de caminhão,  ônibus, gestores de frotas e transportadores autônomos, até 2020.

O Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética oferece os cursos Motoristas de Transporte de Cargas – SmartDrive, Motoristas de Transporte de Passageiros – SmartDrive, ambos presenciais e com carga horária de 12 horas, e o curso a distância Gestão de Combustível – Fuel Management, com 8 horas.

Trabalho de inclusão

O SEST SENAT também trabalha na finalização de um aplicativo para smartphones voltado aos alunos. A ideia é que os motoristas consigam acompanhar o desempenho dos veículos eletronicamente e obtenham dados, como consumo de combustível e gasto mensal de diesel. Para auxiliar os profissionais no manuseio desse aplicativo, a instituição também oferece um curso de inclusão digital, com 4 horas de duração.

Os treinamentos estarão disponíveis em 101 unidades operacionais do SEST SENAT onde também são desenvolvidos os projetos Simulador Híbrido de Direção e Escola de Motoristas, transversais ao de eficiência energética, uma vez que disponibilizam os equipamentos para as aulas práticas.

- Publicidade -