Queda de barreira interdita novamente rodovia Mogi-Bertioga

É a quarta vez neste ano que a Mogi-Bertioga sofre interdição devido a deslizamentos

A rodovia Mogi-Bertioga (SP-098) está totalmente interditada desde a manhã desta quarta-feira (11) após uma nova queda de barreira no km 89 da via.

- Publicidade -

Essa é a quarta vez neste ano em que a rodovia paulista sofre interdição devido a deslizamentos. A nova queda aconteceu no mesmo trecho no dia 28 de março.

De acordo com informações do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) de São Paulo, o bloqueio desta quarta aconteceu por volta de 5h no km 69 em Biritiba-Ussu, sentido de Bertioga, e no km 98, sentido Mogi, no trevo com a Rio-Santos.

Informações preliminares apontam infiltração de água no solo como o motivo do deslizamento. O helicóptero Águia 23, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, foi deslocado ao local do deslizamento.

A concessionária que administra a via, Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária estão no local. As rotas alternativas para os motoristas são as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes e Tamoios.

Deslizamentos Anteriores

Só no mês de março foram duas interdições na rodovia. No dia 28, a Mogi-Bertioga ficou parcialmente bloqueada no sentido norte, também no quilômetro 89, devido a um deslizamento.

Uma semana antes, no dia 21, a rodovia sofreu interdição por quase dois dias após o deslizamento de rochas e terra no quilômetro 87. Já em fevereiro, houve bloqueio nos quilômetros 82, no trecho de Biritiba Mirim, 87 e 8, em Bertioga, por nove dias.

O deslizamento anterior ocorreu na noite de 21 de março, no km 63 e 98. Um dia após, a concessionária liberou a via. No entanto, desde então, a faixa, sentido Mogi, está sinalizada para os motoristas.

Com informações da Agência Estado e do R7

- Publicidade -