Quinta Roda: Tem que Cuidar bem Dela Para não Correr Riscos no “Tapetão”.

Você já ouviu falar da “quinta roda”?

A chamada “quinta roda” é o elo entre o cavalo e a carreta e junto com o pino rei, trabalham em sintonia. A carga e o esforço a que são submetidos são grandes. Para aguentar o “tranco” sem riscos, essas peças obedecem a um rigoroso e minucioso teste de qualidade em todas as fases de fabricação. É considerado um equipamento de segurança prioritária, pois em caso de pane no funcionamento, pode causar acidentes expressivos.

O aço é especial. Primeiro ele é forjado e entra na prensa a uma temperatura de 1.100 graus Celsius. E depois de resfriada a peça é usinada

Na arrancada ou frenagem, o carreteiro consegue identificar os problemas de folga quando sentir o impacto do reboque na cabine do caminhão.

Mas cuidado! Soldas nessas peças nem pensar!

Quer saber mais sobre item essencial do “puxa”?

Então acompanhe com o Richeti