Renault Trucks apresenta novos caminhões Euro 6 em Lyon

A mudança da geração Euro 5 para Euro 6 chegou para a Renault Trucks. Em evento realizado na última semana em Lyon, na França, a marca francesa revelou as quatro novas linhas de caminhões para longas distâncias, distribuição, construção e pesada.

Para alcançar a nova tecnologia, focada na redução do consumo de combustível e das emissões nocivas ao meio ambiente, a empresa investiu cerca de dois milhões de euros durante sete anos. As novas gamas recebem motores Euro 6 de cinco, oito, onze e treze litros.

Para transporte de longa distância, a marca francesa apresentou o Renault Trucks T, que vem substituir o Premium Longo Curso. De acordo com a fabricante, o modelo consume 5% menos combustível que a geração anterior. O Renault T tem motores de 11 e 13 litros com transmissão automatizada Opticruise, que agora tem um novo sistema de gestão das velocidades.

Para aplicações de construção e outras mais pesadas, a marca desenvolveu as gamas C e K, respectivamente. A primeira é proposta em dois tipos de cabine e tem como objetivo oferecer uma elevada capacidade de carga, um baixo consumo e um conforto comparável a um veículo rodoviário. A gama K destina-se a aplicações mais exigentes, que requerem veículos mais robustos e com mais capacidades para vencerem obstáculos.

No que se refere a aplicações ligadas à distribuição, a Renault Trucks terá três modelos: D, com peso bruto das 10 às 18 toneladas; D Wide, com peso bruto das 16 às 26 toneladas; D Access, um modelo com cabine de piso rebaixado, com peso bruto das 18 às 26 toneladas. Mais tarde surgirá um novo modelo que se irá inserir no segmento das 3,5 às 7,5 toneladas de peso bruto. A gama de distribuição recebe motores de cinco e oito litros. A marca francesa disponibiliza transmissões automáticas para reduzir o consumo, preservar a mecânica dos veículos, controlar os custos de manutenção e permitir aos motoristas que se concentrem na condução.

(LT)

Foto: Divulgação