Com bons resultados e anúncio de off-road, DAF completa 3 anos no Brasil

DAF passará a fabricar quatro caminhões por dia e anuncia veículo fora-de-estrada que será revelado na Fenatran 2017

DAF

Quando anunciou a chegada ao Brasil em 2011, a DAF imaginava um cenário diferente para o mercado de caminhões no curto prazo. Naquele ano a venda recorde de veículos dava ânimo a acionistas, executivos e caminhoneiros, que enxergavam grandes oportunidades no setor. Cinco anos depois do anúncio, a empresa comemorou três anos produzindo pesados em Ponta Grossa (PR) com um cenário bem diferente. Imaginava um mercado caminhando para as 170 mil unidades anuais, enquanto a realidade é que em 2016 dificilmente as vendas chegarão a 55 mil.

Veja também: Ford amplia intervalo de manutenção dos caminhões Cargo para 50.000 km

Ainda assim, o momento atual não deixa de ser oportuno para a fabricante holandesa. Com planos de longo prazo e estrutura mais enxuta em relação às concorrentes, a DAF cresce no Brasil tanto em números quanto em reconhecimento de frotistas e, mais importante, caminhoneiros. Esta visão do público pela marca é responsável por impulsionar as vendas de 1.400 caminhões, sendo 436 unidades no acumulado de janeiro até julho de 2016, alta de 59% em relação ao mesmo período do ano passado.

Com os resultados, a DAF passará a fabricar quatro caminhões por dia, sendo que a planta comporta dez por turno sem necessidade de mudanças estruturais. “Nesses três anos estamos em crescimento constante, aumentando nossa participação de mercado no segmento de pesados”, destaca Michael Kuester, presidente da DAF Caminhões Brasil. “Temos certeza de que estamos criando uma base sólida para em breve estarmos entre as maiores fabricantes de caminhões pesados do Brasil”, conclui.

Atualmente a DAF possui participação de mercado de 4,2% no segmento em que atua. Para 2017 o plano é chegar a 7,5%, valor apoiado por mudanças na linha XF105. “A linha 2017 agrega novos itens de interesse do público conforme pesquisa que realizamos com clientes, incluindo itens de conforto, como refrigerador, climatizador e farol de neblina e profundidade em LED”, explica Luis Gambim, diretor comercial da DAF Caminhões Brasil. “Na Fenatran 2017 também apresentaremos um novo caminhão off-road”, anuncia o executivo.

Além disso há novidades que não foram anunciados, mas estão nos planos da empresa de acordo com os executivos. “Vocês sabem os modelos que temos na Europa, e com o tempo queremos trazer estes produtos para o Brasil. O CF rígido está nos nossos planos, mas não sabemos precisar quando isso vai acontecer”, revela Ricardo Coelho, diretor de desenvolvimento de produto.