Rossetti lança primeiro furgão de alumínio 100% colado do Brasil

Com até 6 metros de comprimento, o modelo sobre chassi será disponibilizado ao mercado no segundo semestre de 2016

940x529_furgao Rossetti
Apresentado durante a Fenatran 2015, o primeiro protótipo do furgão foi feito a partir da adaptação de um modelo rebitado

A Rossetti anunciou o lançamento de um novo modelo de furgão de alumínio, totalmente colado com fitas adesivas dupla face. O produto, que está em fase final de desenvolvimento, dispensará o uso de rebites para fixação das chapas, trazendo uma série de vantagens ao transportador, como a rápida entrega e a maior resistência do equipamento.

Relacionada: Prefeitura de São Paulo libera circulação de VUC com maior comprimento

O primeiro protótipo do furgão, apresentado durante a Fenatran 2015, foi feito a partir da adaptação de um modelo rebitado. Apesar de esse ainda não ser o modelo definitivo, os especialistas da Rossetti já conseguem apontar os benefícios apresentados na primeira fase do projeto.

Veja também: Vendas de implementos rodoviários recuam 30,6% no ano, diz Anfir

Peter Oliveira, da área de marketing, explica que um dos principais destaques é a eliminação de cerca de 700 rebites, o que representa um ganho significativo no tempo de montagem. “Enquanto um furgão rebitado pode levar até 30 dias para ficar pronto, a versão adesivadas fica pronta em até três dias.”

Além desse fator, a nova técnica também ajuda a melhorar a resistência do conjunto – a fixação é maior em comparação aos rebites, que são posicionados espaçadamente – e impede a penetração de água.

“Realizamos diversos testes de simulação de chuvas, sem que houvesse algum tipo de infiltração”, diz Oliveira, ressaltando que a fita dupla utilizada é fornecida pela 3M, parceira no projeto, e possui espessuras que variam de 1,6 metro a 2,4 metros.

Conforto para o motorista

O lançamento da Rossetti também proverá melhorias no que tange a saúde e segurança. Segundo a empresa, o adesivamente reduz o nível de ruído em mais de 40%, tornando o furgão mais silencioso do que o modelo convencional e garantindo maior conforto ao motorista. Além disso, o nível de ruído também é reduzido no processo de produção do equipamento, já que a fixação de rebites gera mais barulho.

O implemento também pode ser equipado com assoalho naval revestido com chapa xadrez de alumínio, travessas para amarrações e com porta Roll-up para facilitar a descarga de materiais nos grandes centros, assim como no primeiro protótipo.

Após o lançamento do novo furgão, a Rossetti ainda manterá a versão rebitada à venda até o mercado absorver a novidade. “Será o primeiro produto rodoviário a utilizar tecnologia de fitas adesivas dupla face, então precisamos esperar nossos clientes se adequarem”, explica Oliveira.