Operação contra roubo de carga prende 17 suspeitos na região de Campinas

Operação contra roubo de carga mira região de Campinas (SP)

Operação contra roubo de carga prende 17 suspeitos na região de Campinas (Foto: Guilherme Mazieiro/EPTV)

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar prendeu temporariamente 17 acusados de envolvimento com furto qualificado de cargas na região de Campinas (SP).

Foram cumpridos, na manhã desta quarta-feira (11), 22 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de apreensão de veículos nas cidades de Campinas, Paulínia, Sumaré, Nova Odessa, Cosmópolis, Hortolândia e Artur Nogueira. Também foram apreendidos armas, veículos, placas e adesivos com números de placas, além de dinheiro, fardas e carga.

Falsa blitz

Segundo as investigações, integrantes da quadrilha se vestiam como se fossem policiais para abordar as vítimas de roubo em falsas blitzes da Polícia Rodoviária em estradas da região (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Entre os alvos da operação estão dois policiais militares, um policial civil e um guarda municipal. Segundo as investigações, integrantes da quadrilha se vestiam como se fossem policiais para abordar as vítimas de roubo em falsas blitzes da Polícia Rodoviária em estradas da região.

Os presos e o material apreendido foram levados para a sede do Ministério Público na Cidade Judiciária, em Campinas. Após depoimentos, os suspeitos foram levados para a 2ª Delegacia Seccional da cidade.

A operação, intitulada Vidocq, foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, em conjunto com o 1º Batalhão de Ações Especiais de Polícia Militar. O prazo das prisões temporárias é de cinco dias, prorrogável por igual período.

Com informações da Agência Brasil e do G1