Primeiro ônibus nacional movido a biometano/GNV é apresentado

A linha Scania com motor a gás veicular natural (GNV/biometano) tem os modelos de ônibus K 280 4×2, K 280 6×2 e o articulado K 320 6×2/2.

940x529_onibus_scania_gnv-biometano_alta_5

Sorocaba foi o destino de uma novidade da Scania para o mercado brasileiro. No último dia 8, um ônibus, o primeiro abastecido com biometano e GNV do país, rodou até a cidade paulista, dando início à fase de demonstrações em território nacional. A linha Scania com motor a gás veicular natural (GNV/biometano) tem os modelos K 280 4×2, K 280 6×2 e o articulado K 320 6×2/2.

500x334_onibus_scania_gnv-biometano_alta_8“Desde quando a Scania trouxe o modelo sueco, no fim de 2014, para uma série de apresentações, o veículo, que utiliza como combustível biometano, GNV ou uma mistura de ambos em qualquer proporção, vem despertando o interesse da sociedade como uma solução para mobilidade urbana mais sustentável, considerando os aspectos sociais, ambientais e econômicos”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

“Esse ônibus chama a atenção pela redução de custos operacionais por quilômetro rodado, bem como da poluição sonora e de emissões. Em comparação com um veículo similar a diesel, aliás, ele emite 85% menos gases poluentes, se abastecido com biometano, e 70%, se estiver com GNV.”

“A partir da disponibilização desse veículo completo nacionalizado,estamos habilitados a realizar demonstrações transportando passageiros nas linhas urbanas. Ou seja, neste segundo momento vamos levar o ônibus para a população poder conhecê-lo, indo ou voltando do trabalho, por exemplo. Por outro lado, as empresas de transporte e os órgãos gestores dos municípios poderão comprovar na prática todos os seus benefícios”, afirma Munhoz. “Mais do que demonstrações com os usuários, queremos provar que essa solução é viável para a mobilidade urbana, que necessita de medidas sustentáveis urgentes.”