Scania leva experiência de produção enxuta à mineração

Com o objetivo de contribuir diretamente para redução do custo operacional dos clientes, Scania oferece programa capaz de identificar perdas e aumentar a eficiência logística nas operações

940x529-scania-mining-2

Diante de um panorama em que o setor de mineração mundial enfrenta excesso de capacidade e as commodities registram preços baixos, a eficiência na operação se torna crítica. “Nesse cenário a Scania encontra uma oportunidade a mais para mostrar o valor que a eliminação de desperdício tem”, diz Rogério Segala, responsável pelo Mining Competence Center de Sales & Marketing da Scania Latin America. “Ou seja, podemos contribuir para reduzir o custo da operação do cliente.”

Veja também: Scania apresenta nova geração de caminhões na Europa

Esse princípio é a base do Site Optimisation, serviço lançado durante a MINExpo 2016 – maior feira de equipamentos de mineração do mundo –, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

300x400-scania_mining“O fluxo de produção em uma mina é baseado em um roteiro de atividades que se repete muitas de vezes (carga, transporte, descarga e retorno para área de carga), algo muito parecido com o que ocorre nas linhas de produção de caminhões da Scania ao redor do mundo”, detalha Segala. “O que estamos fazendo agora é levar o mesmo princípio que permitiu à Scania dobrar em 20 anos a produtividade por colaborador em suas fábricas para as atividades de mineração de seus clientes, compreendendo a mina como uma fábrica.”

Relacionada: Volkswagen “vai às nuvens” com novo sistema RIO

O Site Optimisation é um serviço completo de análise dos pontos críticos ligados ao transporte de materiais em uma mina que estão sujeitos a melhorias. “Podemos traduzir essa solução em um programa de otimização do local de trabalho da Scania, uma estrutura de ferramentas e métodos que identificam pontos de ineficiência nos fluxos logísticos”, explica Björn Winblad, responsável global pela aplicação em Mineração da Scania.

Segundo o executivo, com o Site Optimisation a montadora sueca é capaz de identificar os gargalos e desvios nesses fluxos, utilizando as informações que recebe das Unidades de Comando Eletrônico (ECUs) de cada veículo.

“Isso ajuda a mapear o fluxo de produção dentro da mina – como, por exemplo, onde os caminhões são carregados e descarregados – e nos fornece os dados que podemos analisar”, observa. “Baseado em nossa análise, conseguimos fornecer ao cliente uma gama de serviços, produtos e ações para ajudá-lo a melhorar sua eficiência. O Site Optimisation da Scania pode ter um enorme impacto positivo sobre os resultados de uma mineradora.”

Abordagem holística

O Site Optimisation da Scania mede e avalia os fatores do desempenho da produção em cinco aspectos, todos questões comuns enfrentadas pela indústria da mineração:

  • Tempo (i.e. tempo do ciclo, disponibilidade física do equipamento, filas de caminhões etc.);
  • Estrada (i.e. desenho de rota, qualidade do pavimento etc.);
  • Carga (i.e. adequação de equipamentos, sobrecarga, derramamento etc.);
  • Segurança (i.e. velocidade em excesso etc.);
  • Sustentabilidade (i.e. consumo de combustível, emissões etc.).

Com isso, os clientes podem escolher dentre uma gama completa de soluções de acordo com suas necessidades individuais, sejam relatórios de dados, consultoria ou até a terceirização da gestão de partes de sua operação de transporte para a Scania.

“Estamos na liderança com essa abordagem completa”, diz Winblad. “E, também, podemos utilizar nossa experiência e soluções inteligentes de outras indústrias, como transporte de longas distâncias ou em ônibus, e então aplicá-las à mineração. Os serviços do Site Optimisation da Scania podem incorporar todos os módulos testados e utilizados individualmente.”