Tecnologia garante desempenho do trem de força da linha Constellation

Os cavalos mecânicos da nova linha Volkswagen Constellation, tanto os de tração 4×2 quanto os 6×2 e 6×4, são equipados como o novo motor Cummins ISL de 6 cilindros de nove litros e potências de 330 e 390 cavalos, apresentando moderna tecnologia a fim de garantir conformidade com o Proconve-7.

Esse motor possui um novo sistema de injeção com pressão de trabalho de 1.800 bar, controlando mais precisamente as múltiplas injeções no processo de combustão. Ainda conta com freio motor integrado ao cabeçote, que atua diretamente nas válvulas de escape. Possui gerenciamento de emissões integrado, com tecnologia SCR de pós-tratamento de emissões com uso de ARLA32, com baixo consumo de combustível, maiores intervalos na manutenção, e conseqüentemente maior disponibilidade do veículo.

O motor Cummins ISL incorpora características dos motores de alta cilindrada, com pistões articulados, comando de válvulas de maior diâmetro com tuchos roletados, amortecedor de vibrações viscoso e sistema de lubrificação de alta capacidade, permitindo durabilidade e confiabilidade, além de baixo custo de manutenção graças ao extenso intervalo de trocas e componentes simplificados.

Os modelos com potência de 390 cavalos estão equipados com a já conhecida transmissão ZF 16S 1685 TD com refrigerador de óleo com 16 marchas à frente e duas a ré. O acionamento é por cabo com H sobreposto, com fácil e seguro engate das marchas.

Todos os cavalos mecânicos são produzidos com quinta roda Jost de série, que permite adicionar controles eletrônicos e pneumáticos como lubrificação automática. Também possui maior capacidade de carga vertical – 24 toneladas, e novo sistema de fixação ampliando a capacidade trativa e aumentando a vida útil.

Foto: Constellation 26.390 (Malagrine Estúdio)