Programe-se: tráfego das principais rodovias do país no feriadão de Páscoa

O feriado de Páscoa promete movimentar ainda mais as rodovias do país

O feriado de Páscoa promete movimentar as principais rodovias do país (Foto: divulgação)
O feriado de Páscoa promete movimentar as principais rodovias do país (Foto: divulgação)

O feriado de Páscoa é mais um momento de reunião em família, o que motiva o aumento expressivo de viagens regionais e interestaduais. Confira os horários de pico e demais informações de algumas das principais rodovias do país.

CCR ViaOeste

A CCR ViaOeste estima que cerca de 512 mil veículos realizem o deslocamento característico de feriado pelo Sistema Castello-Raposo entre a 0h da próxima quinta-feira, 13, e 24h do domingo, 16, período que concentra a movimentação da Sexta-feira Santa e Páscoa.

Trecho Oeste do Rodoanel

A CCR RodoAnel estima que cerca de 819 mil veículos utilizem o Trecho Oeste do Rodoanel entre a 0h da próxima quinta-feira, 13, e 24h do domingo, 16, período que concentra a movimentação da Sexta-feira Santa e Páscoa. A Concessionária destaca que o maior movimento esteja concentrado na saída do feriado na quinta, entre 16h e 21h, na pista externa (sentido Régis Bittencourt/Litoral), na região da rodovia Castello Branco. Nos outros dias, a expectativa é de tráfego normal, inclusive na volta do feriado.

Operação Paixão de Cristo/Páscoa da CART

A expectativa da CART – Concessionária Auto Raposo Tavares é de um crescimento de 45% no volume de veículos de passeio durante os três dias de folga, na comparação com a média diária em dias normais. Para a maior segurança dos motoristas, no primeiro dia da operação especial, quinta-feira, dia 13, serão interrompidas as operações Pare e Siga, as obras de recuperação do pavimento ou de implantação e de manutenção que possam interditar faixas de rolamento e acostamento a partir das 14h, com exceção as obras de longa duração (24 horas) já implantadas, conforme orientação da Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

Apenas obras emergenciais com o objetivo de restabelecer a segurança viária poderão acontecer neste período. Na sexta-feira, dia 14 os trabalhos serão liberados a partir das 12h, e no sábado, dia 15, os trabalhos voltam a ser liberados normalmente. E no domingo, dia 16, voltam ser interrompidas durante todo o dia as obras de recuperação de pavimento, manutenção e implantação para assegurar um retorno seguro para a casa.

Veja também: Ponte Rio-Niterói deve receber 650 mil veículos durante o feriado da Semana Santa

Autopista Fernão Dias

A Autopista Fernão Dias espera a circulação de aproximadamente 1,1 milhão de veículos na BR- 381, entre Contagem e Guarulhos, no período de quatro dias: de quinta-feira, 13, a domingo, 16 de abril. De acordo com o estudo de tráfego realizado pela concessionária, o volume de veículos aumentará consideravelmente nos dois extremos da rodovia: entre Vargem e São Paulo (SP) e entre Contagem e Igarapé (MG). A expectativa é de que esse aumento ocorra a partir das 12h de quinta-feira.

Via Dutra

Trecho paulista
Devem deixar São Paulo pela via Dutra cerca de 270 mil veículos, entre a zero hora de quinta-feira (13/4) e a meia-noite de sexta (14/4).

Saída de São Paulo (horários de pico):
Quinta-feira (13/4) – das 16h às 20h – previsão de 9.700 veículos por hora.
Sexta-feira (14/4) – das 7h às 13h – previsão de 8.800 veículos por hora.

Volta para São Paulo (horários de pico):
Domingo (16/4) – das 16h às 20h – previsão de 11 mil veículos por hora.

Trecho fluminense
Devem deixar o Rio de Janeiro pela via Dutra cerca de 170 mil veículos, entre a zero hora de quinta-feira (13/4) e a meia-noite de sexta (14/4).

Saída do Rio de Janeiro (horários de pico):
Quinta-feira (13/4) – das 14h às 20h – previsão de 5.600 mil veículos por hora.
Sexta-feira (14/4) – das 7h às 13h – previsão de 4.600 veículos por hora.

Volta para o Rio de Janeiro (horários de pico):
Domingo (16/4) – das 16h às 20h – previsão de 7.500 veículos por hora.

A CCR NovaDutra alerta os motoristas que, para maior conforto, evitem trafegar no domingo (16/4), das 16h às 20h, horário de aumento do volume de veículos na rodovia.

CCR AutoBAn

A CCR AutoBAn espera a circulação de aproximadamente 690 mil veículos no Sistema Anhanguera-Bandeirantes, entre saída e chegada à Capital, no período de quatro dias: de quinta-feira, 13 de abril, a domingo, 16 de abril.

Horários de pico
Os horários de maior movimento no Sistema Anhanguera-Bandeirantes estão previstos para:

-Quinta-feira (13/04) das 14 às 20h;
-Sexta-feira (14/04) das 9 às 13h;
-Domingo (16/04) das 11 às 23h

Operação Caminhão

Na sexta-feira (14) e no domingo (16), das 14 às 22 horas, os caminhões que se destinam à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela Saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego. A Concessionária prestará apoio à fiscalização feita pela Polícia Militar Rodoviária.

CCR MSVia

Conforme estudo da CCR MSVia, cerca de 213 mil veículos devem passar pela rodovia ao longo dos cinco dias de Operação. Na saída para o feriado, o horário de maior movimento será das 16h às 17h na quinta (13), com média de 3,5 mil veículos por hora. Já no dia 14, o horário de pico deve se concentrar entre as 10h e 11h, com 2,8 mil veículos/hora.

Para o retorno, no domingo (16), o fluxo mais intenso deve ser entre às 17h e 18h, onde cerca de 5 mil veículos devem passar pela BR-163/MS. Na segunda (17), último dia da Operação, cerca de 3 mil veículos devem trafegar entre as 11h e 12h, horário de maior movimento na rodovia.

Obras

As obras de pare-e-siga, que envolvem interdição parcial das pistas, serão suspensas no dia 13 (quinta), das 14h às 0h; na sexta (14) durante todo o dia e no domingo (16), também das 14 à meia-noite. As demais obras seguirão o mesmo calendário, mas não devem interferir no tráfego.

Cargas especiais

A circulação de cargas especiais será suspensa durante o período nos seguintes dias e horários: 13 (quinta), das 16h às 0h, sexta (14), das 6h ao meio-dia e dia 16, domingo, das 16h à meia-noite.