Transportadoras aderem à greve dos caminhoneiros

Adesão de empresas elevou para mais de 1 milhão número de caminhões parados

As empresas transportadoras de carga aderiram na quarta-feira (23) ao movimento dos caminhoneiros, que até então era predominantemente conduzido pelos autônomos, elevando para mais de 1 milhão de caminhões a adesão à paralisação, disse nesta quinta o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes.

Veja também: Carretas da dupla Henrique e Juliano são paradas em manifestação

“As empresas aderiram por conta do preço dos combustíveis e também porque seus caminhões não conseguem circular”, disse Lopes, em entrevista para reiterar que a paralisação da categoria só será encerrada quando a isenção da alíquota do PIS/Cofins sobre o diesel, já aprovada pela Câmara dos Deputados, seja publicada no Diário Oficial da União.

Com informações do Extra