Trecho da Rota do Sol ganha restrição de transporte para carga perigosa

Atenção estradeiro que roa pelo Rio Grande do Sul: um trecho de 53 quilômetro da Rota do Sol tem desde o fim de dezembro restrição para o transporte de cargas perigosas. A decisão é do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), que aprovou a decisão normativa 94/2015.

O trecho abrange as rodovias RSC-453 e ERS-486, do entroncamento com a ERS-020 (para Tainhas) ao entroncamento com a BR-101 (Terra de Areia). A restrição é válida não apenas para os fins de semana, mas também para um período de 12 horas antes e depois dele. Ou seja, o transporte só será permitido a partir das 12h das sextas-feiras até às 12h das segundas-feiras.

A regra das 12 horas também vale para feriados estaduais ou nacionais. A partir das 12h da véspera até às 12h do dia seguinte há restrição. Nos demais dias da semana, a circulação é proibida das 17h às 8h.

Poderá ser admitida, de maneira provisória e excepcional, a circulação de veículos de abastecimento dos postos de combustíveis (gasolina, óleo diesel, álcool e GNV) nos municípios interligados pelas rodovias RSC-453 e ERS-486, nos segmentos determinados na normativa, no intervalo das 8h às 17h.