Trecho entre PR e SC da BR-116 terá ponto de parada para caminhoneiro

Uma parceria entre o Ministério dos Transportes, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), a Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc) e a concessionária Autopista Planalto Sul apresentou nesta quarta-feira em Brasília (DF) um projeto-piloto de ponto de parada e descanso dos caminhoneiros na BR-116, que liga o Paraná a Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. A iniciativa tem como objetivo cumprir exigência da Lei dos Caminhoneiros, sancionada em março deste ano pela presidente Dilma Rousseff.

A área de estacionamento e transbordo de carga no km 145 da BR-116 será especializado com equipamentos para atendimento a veículos acidentados ou com algum tipo de vazamento com produto perigoso. Além dos cuidados com a carga, a proposta é implantar atendimentos já oferecidos pelo programa SEST/SENAT, salas de apoio para a concessionária, ANTT e administração, assim como espaço para realização de eventos promocionais, palestras educativas, etc. O acesso ao local não terá custo para os motoristas, sendo que apenas produtos e serviços consumidos serão cobrados.

O custo total da obra será de até R$ 20 milhões, valor bancado pela concessionária responsável pela rodovia, que informou que o valor da tarifa básica deverá ter um aumento de no máximo R$ 0,20.