Utilitário militar Agrale Marruá tem radar que rastreia aviões em baixa altitude

A Agrale, fabricante de caminhões e uma das fornecedoras nacionais de veículos militares para as forças armadas brasileiras e de diversos países da América Latina, apresentou nesta semana o utilitário militar Agrale Marruá AM 20, que atua como base transportadora de controle para a artilharia antiaérea.

Desenvolvido com tecnologia 100% brasileira, o sistema pode ser utilizado para coordenação da defesa de tropas e instalações militares, em situações de combate e em grandes eventos, como a Copa do Mundo e a Olimpíada. O sistema funciona como uma base para o comando e controle das informações enviadas, em tempo real, e ainda é usado para vigilância aérea e terrestre de aviões a baixa altura, que rastreia alvos em um raio de até 60 quilômetros e a altitude de até cinco mil metros.

De acordo com a empresa, o modelo Agrale Marruá AM 20 – que tem diferentes configurações, como AM 20 GE (Guerra Eletrônica) e AM20 VCC (Viatura Comando e Controle) – pode ser utilizado em diferentes tipos de serviços e terrenos.

Desenvolvido para o Exército Brasileiro pela OrbiSat e controlada pela Embraer Defesa e Segurança, o projeto, que conta com a parceria do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), integra o Sistema de Defesa Antiaérea do Exército, abastecendo-o com informações capazes de contribuir para a tomada de decisões em inúmeras situações que envolvam questões de defesa e segurança.

Crédito da foto: Júlio Soares