Com a volta das aulas nas escolas públicas de Brumadinho, será de responsabilidade da Vale o transporte de crianças que moram nas áreas atingidas pelo rompimento da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As aulas na rede estadual começaram hoje, e na rede municipal, na segunda-feira (11).

Em razão da interdição de algumas vias de acesso ao centro de Brumadinho, a alternativa mais rápida para quem precisa se deslocar é passar por dentro do Complexo de Paraopebas.

Construção de uma ponte

Com informações passadas pela Defesa Civil, a Vale será a responsável pela construção de uma ponte na Via Alberto Torres, que dá acesso a Brumadinho, com prazo de conclusão de três semanas. O custo será arcado pela Vale e as obras deverão começar até a sexta-feira.

A ponte será definitiva e terá 50 metros de vão e 8,4 metros de largura, com trânsito nos dois sentidos e passagem para pedestres.

Enquanto as obras não terminarem, a Vale também disponibilizará vans para o transporte entre o Córrego do Feijão e Brumadinho. Serão 8 horários, entre 8 horas e 20 horas, a cada duas horas. Às 14 horas serão disponibilizados dois veículos.

O trajeto será entre Brumadinho, Córrego do Feijão e Casa Branca nos dois sentidos.

Fonte: Jornal Estado de Minas.